Dr. Marcos Britto da Silva - Ortopedista,Traumatologia e Medicina Esportiva: PRP Plasma Rico em Plaquetas e Fatores de Crescimento

PRP Plasma Rico em Plaquetas e Fatores de Crescimento

O que é PRP?
PRP significa Plasma Rico em plaquetas ( Platelet-rich Plasma ).

Como é obtido o PRP?
O Plasma Rico em Plaquetas é um preparação feita com sangue colhido do próprio paciente.

A preparação do PRP é segura?
Sim, o Plasma Rico em Plaquetas é preparado somente em centros de excelência com sangue do próprio paciente o que garante a segurança.

Como surgiu o uso do PRP?
O Plasma Rico em Plaquetas é usado em cirurgia Bucomaxilo facial e na Cirurgia Plástica há 20 anos , no início dessa década surgiram os primeiros trabalhos com uso em ortopedia principalmente para o tratamento das dificuldades de consolidação óssea. Nos últimos anos tem aumentado ainda mais o uso em ortopedia principalmente para tratamento de lesôes articulares e de partes moles.

Quais as vantagens do uso do PRP.
O Plasma Rico em Plaquetas está sendo usado devido ao seu potencial para melhorar a cicatrização do músculo e dos tendões. Estudos in vitro sugerem que fatores de crescimento liberados pelas plaquetas aumentam e melhoram a reparação dos tecidos moles e recrutam células reparadoras que potencializam esse efeito

O PRP já está sendo usado na prática clínica ou ainda é uma pesquisa?
O Plasma Rico em Plaquetas já está sendo usado na prática clínica e temos inclusive trabalhos científicos sobre a sua utilização nas cirurgias do manguito rotados, tendão de Aquiles, lesões musculares e cirurgias de joelho, porém não existem trabalhos científicos que comprovem o uso para tratar a artrose e não faço PRP com essa finalidade.

Como funciona o PRP?
O plasma rico em plaquetas libera fatores de crescimento e recruta células reparadoras que ajudam na cicatrização das partes moles, ou seja, tendões, músculos, ligamentos, cartilagem, etc.

Quais os fatores de crescimento presentes no PRP e suas principais funções? 
  • Fator de crescimento derivado das plaquetas  Função: estímulo para a proliferação celular, angiogênese
  • Fator de crescimento vascular endotelial  Função: Angiogênese
  • Fator de crescimento β1 (beta 1)   Função: chave reguladora no balanço entre fibrose e a regeneração das células musculares
  • Fator de crescimento de Fibroblasto  Função: estimula a proliferação de mioblastos e angiogênese.)
  • Fator  de crescimento da epiderme   Função: estimula a proliferação das células mesenquimais e epiteliais, potencializa outros fatores de crescimento)
  • Fator de crescimento do hepatócito   Função: angiogênese, estimula a mitose das células endoteliais e é antifibrótico.)
  • Fator de crescimento semelhante a insulina-1   Função: Estimula os mioblastos e fibroblastos, realiza a mediação e a reparação das fibras musculares esqueléticas.
Quais locais atualmente estamos aplicando O PRP plasma rico em plaquetas?
Plasma Rico em Plaquetas está sendo usado nas  lesões ligamentares e musculares: Reconstrução ligamentar do cruzado anterior, lesão meniscal, pubalgia, e como coadjutante nas cirurgia intrarticularesVários  ensaios clínicos já foram publicados e outros estão em curso para determinar o valor terapêutico da PRP nas diversas patologias músculo esqueléticas. Não usamos PRP para tratamento de Artrose pois nenhum trabalho científico no momento mostrou melhora com essa terapia

Porque a PRP está sendo tão falada atualmente?
O principal fator provavelmente é o excelente perfil de segurança e facilidade de sua preparação. O
Plasma Rico em Plaquetas é preparado com o sangue coletado do próprio paciente que irá ser submetido ao tratamento.

No Ultimo Congresso da Academia Americana de Cirurgiões ortopédicos AAOS 2013 que ocorreu em Chicago em Março de 2013 um dos temas mais falados foi a terapia com Plasma Rico em Plaquetas ou como preferem outros autores Plasma Rico em Fatores de Crecimento, Os trabalhos apresentados relataram o uso na epicondilite de cotovelo, nas lesões do Manguito Rotador e na reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior do Joelho, entre outras aplicações.

Quais as principais novidades sobre o PRP?
O congresso mostrou que o uso do PRP está com algumas indicações bem estabelecidas, porém seu uso ainda é controverso em todos as situações. As indicações para o uso do PRP aumentaram muito, e os resultados ainda não são homogênios. Existem grandes diferenças nas técnicas de preparação. Com variações em relação ao volume, celularidade e seu uso ativado ao não nas diversas patologias.

Quais os principais usos do PRP na medicina do esporte.
O Plasma Rico em Plaquetas e fatores de crescimento está sendo usado principalmente nas lesões tendinosas e musculares. Com destaque para os casos de tendinopatia insercional ( epicondilite, pubalgia, tendinite de Aquiles, manguito rotador, etc). Alguns trabalhos ressaltam também o uso nas lesões musculares com retorno mais precoce aos treinos e aos jogos Alguns colegas também comentaram o uso como coadjuvante na cirurgia, principalmente de joelho.

Artigos científicos sobre plasma rico em plaquetas e fatores de crescimento.
Para procurarmos artigos científicos não devemos usar o google e a melhor ferramenta online e a PUBMED. Em 1 de Novembro de 2010 a busca por Platelet Rich Plasma ( plasma rico em plaquetas) na PubMed retorna 5530 artigos!
Hoje dia 11 de Abril de 2013 temos publicados 6564
Clique na paravra Pubmed e você será direcionado aos resultados para PRP em revistas científicas

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedia, Traumatologia e Medicina do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ. Brasil
atualizado em 11/10/2013.

30 comentários:

  1. o Plasma Rico em Plaquetas PRP pode ser usado para tratamento de lesão nos ligamentos da perna. O plasma sem PRP também pode?

    ResponderExcluir
  2. Alberto, boa tarde.
    Sim, O Plasma Rico em Plaquetas (PRP) tem entre uma de suas maiores indicações o tratamento de lesões musculares e tendinosas, principalmente nos membros inferiores, o uso do PRP é maior em atletas porém não atletas também tem usado com sucesso. Uma das vantagens do uso do PRP é que o pós operatório é pouco doloroso.

    ResponderExcluir
  3. Ricardo de Freitas Cezarotto, 26 anos, Itapema SC - ricezarotto@msn.com.
    Tenho fascite plantar e após um exercício de explosão senti um estalo na sola do pé. Foi constatada ruptura parcial da fascia, esse tratameto é recomendando para esse problema?
    Obrigado

    ResponderExcluir
  4. o objetivo do tratamento é a cicatrização da lesão do fascia palntar. Em alguns casos esse tratamento pode ajudar.

    ResponderExcluir
  5. No momento somente seguidores do blog tem os comentários publicados e respondidos, e necessário também informar seu email

    ResponderExcluir
  6. dr, ja estou seguindo o blog, teria como responder minha pergunta??
    Obrigado...

    ResponderExcluir
  7. Meu filho é jogador amador de futebol e acaba de sofrer uma lesão muscular grau 3. O ortopedista que o atendeu, mesmo não sendo um especialista em medicina esportiva aconselhou a aplicação de PRP para aceleração do tratamento. Gostaria de saber qual é o custo médio desta aplicação.
    santanna.rj@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. Para determinar o valor você deve procurar o Consultório do Dr. Marcos Britto, após examinar o seu filho ele poderá dizer se existe indicação e qual o custo do procedimento com PRP.

    ResponderExcluir
  9. Em uma lesão grau 3 no quadríceps, com aplicação do prp logo após a lesão, devemos deixar em repouso e só depois de 2 dias começar a isometria até o 10 dia ou pode ser aplicado o uso de aparelhos com efeitos cicatrizantes e antiinflamatórios? espero resposta.
    abraço

    ResponderExcluir
  10. Siga o protocolo do seu médico, cada profissional tem um protocolo específico de tratamento, se sua lesão não evoluir do modo esperado ficará difícil seu relacionamento com seu médico pois você não terá seguido as recomendações prescritas!

    ResponderExcluir
  11. Carlos Eduardo Boa tarde.

    Não identificamos sua foto entre os seguidores do Blog. A partir de 1 de junho de 2011 somente as postagens dos seguidores estão sendo postadas. O Numero de comentários é muito grande e a equipe está filtrando os comentários de não seguidores.
    PS seu perfil no blogger não disponibiliza seu email, não esqueça de coloca-lo disponível no seu perfil ou incluílo no corpo do comentário.

    ResponderExcluir
  12. Olá Dr. Marcos,
    Parabéns pelo seu site e todas suas orientações. Tenho hérnia de disco e gostaria de saber se o tratamento com PRP é indicado para acelerar o tratamento e a cura.
    Muito grato,
    Bruno

    ResponderExcluir
  13. Olá Doutor,sofro de epicondilite medial a mais de 1 ano,a dor estava tão intensa que tive que de parar de fazer musculação.Fiz vários tratamentos convencionais,com ani inflamatórios,corticóides e fisioterapia.Parava a dor,mas quando eu voltava a fazer musculção tudo voltava novamente.Até que a poucos dias fiz uma aplicação de PRP,e gostaria de tirar uma duvidas com o senhor,pois o medico que fez em mim é especialista em dor,não é um ortopedista.Foi aplicado 3 mls de plasma em cada cotovelo,a quantidade foi correta?só uma aplicação pode resolver o problema?como posso saber que o tendão cicatrizou de totalmente, e quanto tempo demora para isso?porque não gostaria de voltar pra academia,malhar 2 semanada e ter de parar novamente,como estava acontecendo antes.Aguardo respostas,obrigado.
    madsonvalentino@bol.com.br

    ResponderExcluir
  14. Perguntas difíceis, cada caso é um caso, seu médico apesar se não ser ortopedista viu seus exames e poderá reexamina-lo novamente e poderá responder essas perguntas.

    ResponderExcluir
  15. Olá Dr. Marcos Britto, tenho condromalacia nivel III, e gostaria de saber se o PRP é um tratamento eficaz nesses casos?
    Obrigada.
    carolneves1@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uso o PRP intrarticular somente como coadjuvante para outros procedimentos cirurgicos intrarticulares. Não uso o PRP isoladamente dentro da articulação. No futuro com outras evidencias científicas talvez eu faça uso isoladamente.

      Excluir
  16. TENHO ARTRITE REUMATOIDE COM COMPROMETIMENTO DOS JOELHOS, POSSO USAR O PRP?
    MEU EMAIL 'É sergionovo5@gmail.com, aguardo resposta, moro no RJ, OBRIGADO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O uso de PRP intrarticular isolado para tratamento da artrose não tem, até o momento, trabalhos científicos. Em associação com células tronco está em estudo no momento.

      Excluir
  17. boa tarde,

    sou atleta e minha atividade sobrecarrega muito os dedos das mãos, já tive algumas lesões nos dedos e gostaria de saber se o PRP é indicado para esses casos. Membros superiores e principalmente dedos das mãos.
    pedroraphaelclimb@gmail.com

    garto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para saber se um determinado tratamento estaria indicado no seu caso precisaria examiná-lo

      Excluir
  18. Boa tarde. Achei seu blog muito interessante, mas tenho algumas dúvidas. O prp é estímulo regenerativo? Se sim, como procede seus efeitos com uso injetável? É injeção intramuscular ou é superficial? No caso de lesões ortopédicas, injeta-se dentro da cartilagem? Se sim, a cápsula sinovial perfurada não vaza? O tratamento é dolorido? Quanto fica o tratamento? Obrigado pela atenção pois tenho grande interesse em usar este método pra tratar artrose no joelho, com perda de cartilagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não injeto PRP na articulação com a função de regenerar a cartilagem, um furo no organismo não vasa continuamente, se isso ocorresse após furar o dedo não pararia de sangrar, o mesmo principio se aplica a capsula articular, A injeção é feita onde desejamos o efeito dos fatores de crescimento. O PRP não resolve todos os problemas. nosso maior problema atualmente é o uso indiscriminado do PRP.

      Excluir
  19. Olá Dr. Marcos!
    Através de uma RM fui diagnosticado recentemente com uma Tendinopatia na Origem dos Isquiotibiais. A aplicação de PRP poderia ser uma opção? Não tenho recebido boas notícias nos consultórios que visitei e a única opção de cura para esse tipo de lesão, segundo as avaliações médicas, seria o fortalecimento muscular na região afetada. Estou convivendo com esse problema há 9 meses, não agüento mais!! Muito obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dizer que um determinado tratamento irá resolver o seu problema é complicado, Os médicos devem evitar esse tipo de afirmação, Posso afirmar que esse tratamento está sendo usado por alguns ortopedistas que tem relatado boa evolução em alguns casos.

      Excluir
  20. Meu irmão teve uma fratura na perna por lesão de arma de fogo. Está com 11 meses e o osso ainda não consolidou. Será feita esse procedimento - PRP, aplicado no osso dele, para ajudar a consolidação.
    Em razão da lesão, o tornozelo dele não sobre 90º. O PRP também pode ser usado nesse caso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso depende do tipo de pseudartrose , porém sim existe descrição do método na literatura.

      Excluir
  21. Doutor, tenho condromalácia grau II na faceta medial da patela. Atualmente, estou tomando glucosamina, condroitina e MSM, mas o especialista não garantiu que esses elementos irão regenerar a cartilagem, pois há controvérsia sobre a eficácia deles. Além disso, estou fazendo musculação e natação. Sobre o PRP, li muita coisa sobre a regeneração da cartilagem em determinados problemas articulares. Gostaria de saber se é possível a regeneração da cartilagem para o meu caso. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os suplementos alimentares não promovem regeneração da cartilagem, porém podem ser importantes em pacientes com deficiência nutricional.

      Excluir

ANTES DE POSTAR SEU COMENTÁRIO Leia SOBRE O BLOG
http://www.marcosbritto.com/p/blog-page.html
Somente os seguidores do Blog poderão postar comentários.
Não realizamos consultas pela internet!

Últimas Artigos Revisados ou Publicados

Vídeos com Aulas e entrevistas com Dr. Marcos Britto da Silva

Loading...

Video Artroscopia de Joelho - Meniscectomia

Video Luxação Acromio Clavicular no Ombro

Video de Reconstrução do LCA

Arquivo do blog