Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

Tratamento da Artrose do Joelho

A artrose de joelho não é sinônimo de envelhecimento e está relacionada com a capacidade funcional,  a intervenção terapêutica trará considerável melhora de qualidade de vida. Importante lembrar que para obtermos resultados positivos o paciente deve estar motivado e seguir as orientações médicas. A prática de atividades esportivas deve ser estimulada, porém sob orientação de um profissional habilitado. Cuidado com rampas e escadas, elas devem ser usadas com cuidado. A ergonomia do trabalho doméstico e profissional podem influenciar no quadro de piora da dor. O Fortalecimento com ganho de massa muscular do músculo quadríceps deve ser feito nas artrites e artroses do joelho e melhoram a qualidade de vida. Os exercícios Aeróbios e Condicionamento físico devem ser incentivados pois trazem resposta positiva a meio  e longo prazo.  O Alongamento e a Flexibilidade melhoram o quadro clínico da doença e aumentam a sobrevida da articulação. Os imobilizadores elásticas são efetivos no tratament…

Sudeck - Distrofia Simpático Reflexa

A síndrome de dor regional complexa (SDCR) é também conhecida como:
Distrofia Simpático Reflexa, Doença da Fratura  Atrofia de Sudeck Distrofia de Sudeck, Síndrome de Sudeck, Síndrome ombro-mão, Causalgia, Doença Fraturaria Doença do GessoEssa Síndrome ( conjunto de sinais e sintomas) é uma condição de dor em queimação intensa, rigidez, inchaço (edema) e vermelhidão ou palidez que compromete frequentemente a mão e o pé após um trauma ou fratura. Os braços e pernas também podem ser afetados pela Doença de Sudeck
Ocorre frequentemente após uma fratura porém um trauma local mesmo sem fratura pode lesar a Distrofia Simpático Reflexa A região parece que está inflamada, porém os exames de sangue não mostram aumento dos glóbulos brancos (leucocitose).


Descrição Existem dois tipos de síndrome de dor regional complexa: Tipo 1 segue a lesão definida do nervo Tipo 2 ocorre depois que uma doença ou uma lesão temporária do nervo Embora os gatilhos variam, os dois tipos de atrofia de Sudeck tem os mesmos …

MEDIF

Formulário de informações Médicas para passageiros que requeiram Assistência Especial
Os principais fatores a serem considerados quando se avalia a aptidão de um paciente para o transporte aéreo são os efeitos das variações da pressão atmosférica (a expansão e contração dos gases podem causar dor e efeitos de pressão). Durante o voo há consequentemente uma redução da tensão de oxigênio (equivalente à altitude de 8.000 pés, e a pressão parcial do oxigênio é em torno de 20% menor que no solo). As seguintes condições são consideradas INACEITÁVEIS para viagem aérea: Anemia severa. Doença em fase aguda, infecciosa, infectocontagiosa ou de Notificação Compulsória. Insuficiência Cardíaca Congestiva ou outras doenças cianóticas não totalmente controladas. Infarto Agudo do Miocárdio, com menos de 6 (seis) semanas. Doença respiratória grave ou Pneumotórax recente Lesões gastrointestinais que possam causar hematêmese, melena ou obstrução intestinal. Pós-operatórios recentes - Incluindo plásticas: 10 (dez…
Minha foto
MARCOS BRITTO DA SILVA
Brazil
- Médico Ortopedista Especialista em Traumatologia e Medicina Esportiva - Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Pró-Cardíaco, - Professor Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, - Membro Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte | SBMEE, Médico do HUCFF-UFRJ, - International Affiliate Member of the AAOS - American Academy of Orthopaedic Surgeons - Membro da Câmara Técnica de Ortopedia e Traumatologia do CREMERJ, - Especialista em Cirurgia do Membro Superior pela Clinique Juvenet - Paris, - Professor da pós Graduação em Medicina do Instituto Carlos Chagas, - Professor Coordenador da Liga de Ortopedia e Medicina Esportiva dos alunos de Medicina da UFRJ, - Membro Titular da SBOT - ( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), - Membro Titular da SBTO - ( Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico), - Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ - Internacional Member AO ALUMNI Association, - Internacional Member: The Fédération Internationale de Médecine du Sport,(FIMS)/International Federation of Sports Medicine (http://www.fims.org),