Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

Protese de Metal no Quadril

Resumo do Simpósio da AAOS 2012 sobre próteses metal/metal do Quadril.
Quando os jornais falam de próteses de Metal no Quadril em geral eles estão se referindo a Próteses Metal/Metal ( Metal On Metal ou MOM en inglês). elas recebem ele nome pois a superfície de contato e portanto de atrito é realizada entre duas superfícies metálicas. As Prótese de Quadril Metal-Metal em geral são usadas nas cirurgia de recapeamento ( resurfacing) em pacientes jovens pois permitem uma maior estabilidade e retorno a prática de esportes. 
Porque as próteses de Quadril Metal Metal estão sendo discutidas na mídia? Porque duas agências reguladoras deram instruções para os cirurgiões e seus pacientes com quadris MoM. A primeira agência a fazer recomendações sobre a vigilância de próteses de quadril MoM foi o MHRA do Reino Unido em 22 de abril de 2010. Essas recomendações ocorreram pois como a superfície de atrito ocorre entre duas superfícies metálicas e isso pode liberar ions. Os ions liberados dependem da…

Hiperparatireoidismo

O hiperparatireoidismo, também conhecido como Doença de Von Recklinghausen do osso ou osteíte fibrosa cística, se deve ao excesso de produção de paratormônio. Observa-se reabsorção excessiva de cálcio do esqueleto e cistos cheios de tecido amarronzado chamados de tumores marrons. Esses cistos se formam dentro do osso nos casos mais intensos.

Quais os tipos de hiperparatireoidismo?

1. Hiperparatireoidismo primário – causado pelo excesso de produção da paratireóide por causa de um adenoma de secreção hormonal.

2. Hiperparatireoidismo secundário – causado pelo excesso de produção de paratormônio para mobilizar o cálcio dos ossos em resposta aos baixos níveis de cálcio resultantes de doença renal ou má absorção. (pode ser causado pela diminuição da vitamina D, ou seja caso você tenha uma carência de vitamina D por não tomar Sol você pode desenvolver Hiperparatireoidismo secundário)

3. Hiperparatireoidismo terciário – ocorre quando a paratireóide ainda produz excesso de hormônio, mesmo quan…

Carencia de Vitamina D em pacientes com Trauma ortopédico

A deficiência ou insuficiência de vitamina D foi extremamente prevalente na população de pacientes com trauma ortopédico, com uma taxa de prevalência combinada de 77,4%.
Pesquisadores anunciaram ontem aqui na American Academy of Orthopaedic Surgeons Reunião Anual de 2012 .  Dr. Brett D. Crist, professor associado de cirurgia ortopédica da Universidade de Missouri School of Medicine, Columbia relatou que  os pacientes adultos (com 26 anos ou mais anos) apresentaram a maior prevalência de deficiência ou insuficiência, ao passo que aqueles entre 18 a 25 anos apresentaram o menor incidência. 

Os investigadores conduziram uma revisão do registro médico retrospectivo entre 01 de janeiro de 2009 e 30 de setembro de 2010, de todos os pacientes com traumas ortopédicos , com 18 anos ou mais num hospital terciário de trauma e que tinha documentado os níveis séricos de 25-hidroxi-Vitamina D. Eles identificaram 889 pacientes com deficiência de vitamina D. A insuficiencia de vitamina D foi definida co…
Minha foto
MARCOS BRITTO DA SILVA
Brazil
- Médico Ortopedista Especialista em Traumatologia e Medicina Esportiva - Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Pró-Cardíaco, - Professor Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, - Membro Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte | SBMEE, Médico do HUCFF-UFRJ, - International Affiliate Member of the AAOS - American Academy of Orthopaedic Surgeons - Membro da Câmara Técnica de Ortopedia e Traumatologia do CREMERJ, - Especialista em Cirurgia do Membro Superior pela Clinique Juvenet - Paris, - Professor da pós Graduação em Medicina do Instituto Carlos Chagas, - Professor Coordenador da Liga de Ortopedia e Medicina Esportiva dos alunos de Medicina da UFRJ, - Membro Titular da SBOT - ( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), - Membro Titular da SBTO - ( Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico), - Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ - Internacional Member AO ALUMNI Association, - Internacional Member: The Fédération Internationale de Médecine du Sport,(FIMS)/International Federation of Sports Medicine (http://www.fims.org),