Postagens

Mostrando postagens de outubro, 2021

Corticoide, osteoporose e fraturas

Os glicocorticóides causam significativa perda óssea, afetando predominantemente o osso trabecular, com consequentes fraturas por fragilidade óssea. O risco de fraturas está relacionado à dose e duração do uso dos corticoides, um risco aumentado pode ser observado mesmo em doses baixas e até no primeiro mês de tratamento. O médico deve prevenir ou tratar a osteoporose em todos os pacientes que tomam o equivalente à prednisona na dose de 2,5 mg ou mais por dia, durante 3 meses ou mais. PONTOS CHAVE A ferramenta de avaliação de risco à fratura (FRAX) inclui uma pergunta sim ou não sobre o uso de glicocorticóides, mas a fórmula é baseada em uma dose média e o escore FRAX deve ser ajustado para cima em pacientes em altas doses e para baixo em pacientes em doses mais baixas . Modificações no estilo de vida e otimização da ingestão de cálcio e vitamina D são recomendadas para todos os pacientes em terapia prolongada com glicocorticóides. Os bisfosfonatos são os medicamentos de primeira linha

Postagens mais visitadas deste blog

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Exercícios para Ombro e Manguito Rotador

Fratura de tíbia - Diafisaria

Como chegar com saúde aos 85 anos de idade ?

Ténis de Quadra: Técnica e Fundamentos

Entorse do Tornozelo

Minha foto
Dr MARCOS BRITTO DA SILVA - Médico Ortopedista
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil
- Médico Ortopedista Especialista em Traumatologia e Medicina Esportiva - Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Pró-Cardíaco - ex Presidente da SBOT RJ - Professor Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro - Membro Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte - Médico do HUCFF-UFRJ, - International Member American Academy of Orthopaedic Surgeons - Membro da Câmara Técnica de Ortopedia e Traumatologia do CREMERJ, - Especialista em Cirurgia do Membro Superior pela Clinique Juvenet - Paris, - Professor da pós Graduação em Medicina do Instituto Carlos Chagas, - Professor Coordenador da Liga de Ortopedia e Medicina Esportiva dos alunos de Medicina da UFRJ, - Membro Titular da SBOT - ( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), - Membro Titular da SBTO - ( Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico), - Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ - Internacional Member AO ALUMNI - Internacional Member: The Fédération Internationale de Médecine du Sport,(FIMS) - Membro do Comitê de ètica em Pesquisa HUCFF-UFRJ.