Palmilhas para dor no pé

Uma das melhores maneiras de tratar dores nos pés é com o uso de órteses tipo palmilha.

As palmilhas estão indicadas em todas as patologias do pé?
Não, algumas patologias não se beneficiam do uso de palmilha porém uma porcentagem importante dos pacientes com dor no pé melhoram com o uso de palmilhas.

Posso comprar palmilha sem indicação médica?
Isso é errada, as lojas em geral vendem sem receita porém muitas vezes o paciente compra uma palmilha errada que acaba provocando um agravamento das dores nos pés ou simplesmente não melhora a dor. Com alguma frequência, ao prescrever uma palmilha no consultório, o paciente afirma: Não adianta Doutor, já usei e não melhorou. Na maioria dos casos o paciente usou a palmilha errada ou usou a palmilha com a calçado errado.

Quais os principais problemas com o uso da palmilha ?
Talvez o mais frequente seja a palmilha sair do lugar, o uso de palmilha em sapatos ou tênis que não permitem a retirada da palmilha original fazem com que o dorso pé colida contra a parte superior do calçado tornando o uso da palmilha desconfortável. Finalmente temos os erros de confecção da palmilha, isso é pouco frequente porém deve ser sempre verificado. Após comprar a palmilha sempre leve para que seu médico ortopedista possa avaliar se está correta e se você esta usando corretamente. Palmilhas pequenas podem necessitar ser fixadas no calçado com fita dupla face.

Em que momento do dia devo comprar a palmilha?
Melhor comprar a tarde, se você anda muito todos os dias, caminhe antes de comprar a palmilha. Antes de comprar a palmilha tem que escolher em qual ou quais sapatos a palmilha será usada. Leve o calçado até a loja e experimente a palmilha com esse sapato. Em algumas situações a palmilha está certa porém precisa de pequenos ajustes. Na maioria dos casos podemos fazer pequenos recortes na palmilha, principalmente nas palmilhas de silicone, permitindo um ajuste fino. 

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologista e Médico do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Atualizado em 08/03/2013.

Comentários

  1. Bom dia Dr Marcos, parabéns pelo seu trabalho aqui no blog! Minha seria quanto tempo posso ficar afastado do meu serviço por uma cirurgia com ruptura complexa do menisco medial?
    Ja estou com a minha cirurgia marcada mas esqueci de perguntar ao meu medico quanto tempo ficarei afastado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Celio esse tempo é variável, depende do tipo de lesão, tempo de evolução e fundamentamente do tipo de cirurgia realizada. As suturas meniscais requerem o uso de muletas por várias semanas, ao passo que as menisctomias evoluem mais rápido.

      Excluir

Postar um comentário

ANTES DE POSTAR SEU COMENTÁRIO Leia SOBRE O BLOG

http://www.marcosbritto.com/p/blog-page.html

Somente os seguidores do Blog poderão postar comentários.
Não realizamos consultas pela internet!

Mais Lidos

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Consolidação das Fraturas

Vitamina D Pura DePURA

Lesão Meniscal no Joelho

Cirurgia para tratamento da Fratura de Tornozelo

Frio ou Calor

Fratura de tíbia - Diafisaria

Cisto de Baker no Joelho

Entorse do Tornozelo

Bula do Addera D3

Minha foto
MARCOS BRITTO DA SILVA
Brazil
- Médico Ortopedista Especialista em Traumatologia e Medicina Esportiva - Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Pró-Cardíaco, - Professor Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, - Membro Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte | SBMEE, Médico do HUCFF-UFRJ, - International Affiliate Member of the AAOS - American Academy of Orthopaedic Surgeons - Membro da Câmara Técnica de Ortopedia e Traumatologia do CREMERJ, - Especialista em Cirurgia do Membro Superior pela Clinique Juvenet - Paris, - Professor da pós Graduação em Medicina do Instituto Carlos Chagas, - Professor Coordenador da Liga de Ortopedia e Medicina Esportiva dos alunos de Medicina da UFRJ, - Membro Titular da SBOT - ( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), - Membro Titular da SBTO - ( Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico), - Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ - Internacional Member AO ALUMNI Association, - Internacional Member: The Fédération Internationale de Médecine du Sport,(FIMS)/International Federation of Sports Medicine (http://www.fims.org),