Dr. Marcos Britto da Silva - Ortopedia, Traumatologia e Medicina Esportiva: Obesidade e Hipovitaminose D

Obesidade e Hipovitaminose D

A obesidade está se tornando um grave problema de saúde pública, a mortalidade é 85 % superior em indivíduos com obesidade grave ( índice de massa corporal > [ IMC ] 40 kg/m2) do que nos indivíduos com um IMC saudável. Esses indivíduos em geral tem baixa atividade física e frequentemente dores articulares nos membros inferiores o que dificulta a realização de exercícios que ajudariam a emagrecer. A Hipovitaminose D é comum em indivíduos obesos e está associada com disfunção física em idosos.

Um estudo foi realizado para determinar a relação entre a vitamina D e a Obesidade.

Objetivos do Estudo:

Foi determinada a relação entre o estado de vitamina D e função física em pacientes com obesidade grave . Foi realizado um estudo baseado em clínica , transversal em indivíduos severamente obesos. Os participantes foram estratificados em três grupos de acordo com o Institute of Medicine ( IOM) categorização da vitamina D .

Principais desfechos :
Foram comparados os níveis de atividade auto-relatado para andar 500 m e subir e descer degraus com 17 cm de altura 50 vezes .

Resultados:
Foram recrutados 252 indivíduos (com idade de 43,7 ± 11,2 anos ; IMC, 50,7 ± 9,7 kg/m2) ;
Níveis de vitamina 25-hidroxivitamina D ( 25OHD ),
As concentrações foram inferiores a 30 nmol / L em 109 participantes.

Os participantes com um 25OHD > 50 nmol / L, em comparação com aqueles com um nível 25OHD <30 br=""> As concentrações séricas de 25OHD apresentaram uma associação fracamente positivo ao nível de atividade (r = 0,19 , P = 0,008 ) e uma associação moderadamente negativa com o tempo para percorrer 500 m a pé ( r = -0,343 , P menor que 0,001 ) .

Conclusões:
O Status de vitamina D apresenta uma relação significativa com a atividade física e função física nesta coorte de pacientes com obesidade grave . Níveis de atividade baixos tendem a perpetuar o problema de hipovitaminose D devido à menor tempo passado ao ar livre . Estudos explorando os efeitos da
suplementação de vitamina D na população estudada são necessários .

Dr Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Medicina do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Atualizado em 15/04/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE POSTAR SEU COMENTÁRIO Leia SOBRE O BLOG

http://www.marcosbritto.com/p/blog-page.html

Somente os seguidores do Blog poderão postar comentários.
Não realizamos consultas pela internet!

Postagens mais lidas na última semana