Dr. Marcos Britto da Silva - Ortopedia, Traumatologia e Medicina Esportiva: Osteomielite e infecções ortopédicas

Osteomielite e infecções ortopédicas

Infecções ortopédicas podem ser muito graves. As bactérias causadoras de doenças, vírus e parasitas que entram no corpo e destruir o tecido saudável, se multiplicar e se espalhar pelo sangue.

Infecção inicial na pele e outros tecidos moles podem levar à infecção dos ossos (osteomielite) e nas articulações (artrite séptica). 
Sem tratamento imediato, as infecções ortopédicas podem se tornar crônicas. Assim, mesmo um pequeno arranhão na ponta do dedo tem o potencial de progredir para uma infecção mais séria causando danos permanentes

Nos dias atuais com um diagnóstico precoce, antibioticoterapia adequada e intervenção cirúrgica quando necessário podem curar a maioria das infecções e evitar problemas permanentes.

Prevenção da infecções Ósseas

Para controlar a propagação de infecções em hospitais, os médicos e enfermeiros usam luvas e vestidos e lavam as mãos com frequência. Lavar as mãos é a principal maneira de evitar infecções em casa ou no ambiente hospitalar

Para evitar infecções em feridas na pele, siga estas dicas:

Primeiro, controle o sangramento: pressione o local que esta sangrando com o dedo indicador ou polegar, essa medida simples para o sangramento de todas as feridas simples.
A seguir, limpe a ferida com água e sabão. 
Feridas com mais sujeira grudada irá requerer cuidados médicos e eventualmente cirurgia.
Não tente remover a matéria incorporada na ferida.
Use materiais estéreis (gaze estéril) ou panos limpos e passados na ausência de gases estéreis para o primeiro curativo da ferida.
Consulte o seu médico para a limpeza definitiva da ferida.

Fatores de risco

Algumas doenças crônicas colocam você em maior risco de infecções. Exemplos incluem
diabetes mellitus, insufiencia venosa, arterial,  HIV, artrite Reumatóide, hemofilia e anemia falciforme, doenças renais, desnutrição, alcoolismo, etc. Você pode se infectar através do contato direto com uma pessoa infectada ou através de contato indireto, a partir de um objeto contaminado, as infecções são mais frequentes quando a barreita da pele é quebrada. Hábitos simples com retirar a cutícula pode ser a porta de entrada para uma osteomielite ou uma erisipela.
As infecções se iniciam através de rupturas na pele, especialmente ferimentos e escoriações.
Às vezes, as infecções articulares se desenvolvem a partir de um dispositivo de substituição do quadril ou joelho interno (prótese articulares). O joelho é a articulação mais comumente infectada.

Sintomas
Uma infecção pode causar vermelhidão ( eritema) , calor e inflamação ao redor da área afetada ( inchaço , edema) . A área pode estar dura, drenar pus e perder a amplitude de movimento. As infecções podem causar febre e calafrios. A dor em geral é expont6anea e não melhora com o repouso.

Bebês podem ficar irritáveis e letárgico ( lentos0 , recusar-se a comer ou vomitar. Sempre suspeite de infecção se seu filho tiver dor ou inchaço nos membros, coluna ou pelve. A criança pode coxear ( mancar) ou se recusar a andar.
As infecções apresentam riscos especiais para crianças pequenas por várias razões:
Crianças com menos de 3 anos são facilmente infectadas. Seu sistema imunológico não está totalmente desenvolvido e eles tendem a cair muito, abrindo a pele à infecção.
As infecções se espalham rapidamente através do sistema de circulação e estrutura óssea de uma criança.
Danos aos ossos e articulações causados ​​por infecção podem prejudicar o crescimento de uma criança e levar a uma grave disfunção física. A infecção da articulação do quadril da criança é uma emergência cirúrgica.
Diagnóstico das infecções osteoarticulares 
Consulte o seu médico ou ortopedista imediatamente para diagnóstico e tratamento precoce se suspeitar de infecção nos ossos e articulações
Informe o médico sobre quaisquer doenças crônicas que possam afetar o tratamento.
Relate toda a história , desde o início
Descreva os sintomas e quando eles começaram. Houve uma infecção anterior? Você foi ferido recentemente? Você já se submeteu a uma cirurgia?
O seu médico pode pedir-lhe para mover a área doente ou ficar em pé para determinar se o movimento aumenta a dor.
Se o doente é uma criança (especialmente beb6es) o médico pode examinar o resto do  corpo para outros possíveis locais de infecção ( otite, amigdalite, ínguas)
Às vezes, os ossos infectados não apresentam sintomas (osteomielite subclínica).
Seu médico provavelmente irá solicitar exames de imagem raios-X ou usar ferramentas de imagem mais sofisticadas, como exames de cintilografia óssea e ressonância magnética (RM) para ver a extensão dos danos nos ossos e tecidos moles. O que pode fazer o diagnóstico diferencial entre uma osteomielite, osteonecrose e edemas ósseas por sobrecarga mecânica ( imagem inflamatórias na ressonância e cintilografia)
O médico pode precisar de tomar amostras de sangue e remover fluido da infecção usando uma seringa de agulha (punção ou aspiração).
Testes de laboratório sobre essas amostras podem ajudar a identificar bactérias ou outros organismos causando a infecção.

Tratamento das infecções em ortopedia

O uso de antibióticos que você toma através de uma veia (intravenosa, ou IV) ou engolido pela boca (por via oral) vai ajudar no combate das bactérias

Infecções de tecidos moles
Muitos tipos de infecções afetam a pele e outros tecidos moles. Entre eles, os mais comuns são:
  • Paroníquia: Aparece ao longo da borda de uma unha
  • Felon: Infecta a polpa digital de uma ponta do dedo
  • Impetigo: Aparece como uma bolha em crianças pequenas ou uma úlcera com criosta amarela em pessoas mais velhas)
  • Furúnculo: Infecção um folículo piloso
  • Tenosinovite: Infecta os tendões de um dedo ou polegar
  • Celulite: infecção do tecido celular subcutâneo
  • Erisipela: é um tipo de celulite

Em casos simples, as infecções superficiais ( escoriações, ralados) dos tecidos moles podem ser tratadas simplesmente com banhos de água morna e aplicação de um curativo seco e estéril.

Em outros casos, seu médico pode precisar drenar a infecções e prescrever antibióticos
Dependendo da gravidade e outros fatores, a osteomielite pode causar danos irreversíveis (necrose) às células ósseas.
Nos casos de osteomielite seu médico provavelmente irá prescrever antibióticos e pode precisar drenar a infecção e / ou retirar (desbridamento) do osso morto e outros tecidos infectados.
 Casos difíceis podem exigir amputação de parte ou te todo o membro
Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologista e Médico do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
atualizado em 11/12/2016

2 comentários:

  1. Boa tarde Dr,
    Tive uma fratura no peito do pé bem pequena faz 28 dias, tirei o gesso a 15.
    Porem assim que tirei o gesso estava bem inchado, agora está bem melhor,
    Mas quando eu coloco o pé pra baixo e ando fica roxo e incha....
    O que posso fazer??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. leia

      http://www.marcosbritto.com/2012/12/edema-de-estase-e-pos-imobilizacao.html

      Excluir

ANTES DE POSTAR SEU COMENTÁRIO Leia SOBRE O BLOG

http://www.marcosbritto.com/p/blog-page.html

Somente os seguidores do Blog poderão postar comentários.
Não realizamos consultas pela internet!

Postagens mais lidas na última semana