Vitamina D Níveis Séricos e Saúde Óssea

O nível  ideal de vitamina D, deve ser medido através dos níveis séricos de 25-hidroxivitamina D [25 (OH) D], porém os valores de referencia ainda são controversos. Alguns indivíduos estão em risco de  deficiência subclínica de vitamina D, com dosagens de 25 (OH) D, entre 25 e 75 nmol / L, ( 20-30 mg/l)  e 80-100% de toda a população Americana e Européia pode exibir níveis inadequados de 25 (OH) D no soro dependendo da latitude, sazonalidade, período do dia que toma Sol, quantidade de roupa usada quando se expõe ao Sol e do uso de filtros Solares. Prefiro que os meus paciente em tratamento fiquem acima de 100 nmol/l ( aproximadamente 40 mg/l)
A manifestação clínica da extrema deficiência de vitamina D é o raquitismo e osteomalácia, que são são raros, porém a deficiência subclínica é extremamente frequente, inclusive no Brasil.

Os níveis de 25 (OH) D ≥ 50 nmol / L são necessários para a saúde musculoesquelética ótima. No entanto, os níveis de 25 (OH) D acima de 75 nmol / L podem ser necessários para maximizar os benefícios osteomusculares e tirar proveito das ações da vitamina D.

Uma maneira rápida e aproximada de converter as duas diferentes medidas da vitamina D é pedar o resultado em mg/l e multiplicar com 2,5. Ou O inverso pegar o resultado em nmol/l e dividir por 2,5.

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologista e Médico do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Atualizado em 23/08/2013.

Comentários

Mais Lidos

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Consolidação das Fraturas

Vitamina D Pura DePURA

Lesão Meniscal no Joelho

Cirurgia para tratamento da Fratura de Tornozelo

Frio ou Calor

Fratura de tíbia - Diafisaria

Cisto de Baker no Joelho

Entorse do Tornozelo

Bula do Addera D3

Minha foto
MARCOS BRITTO DA SILVA
Brazil
- Médico Ortopedista Especialista em Traumatologia e Medicina Esportiva - Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Pró-Cardíaco, - Professor Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, - Membro Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte | SBMEE, Médico do HUCFF-UFRJ, - International Affiliate Member of the AAOS - American Academy of Orthopaedic Surgeons - Membro da Câmara Técnica de Ortopedia e Traumatologia do CREMERJ, - Especialista em Cirurgia do Membro Superior pela Clinique Juvenet - Paris, - Professor da pós Graduação em Medicina do Instituto Carlos Chagas, - Professor Coordenador da Liga de Ortopedia e Medicina Esportiva dos alunos de Medicina da UFRJ, - Membro Titular da SBOT - ( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), - Membro Titular da SBTO - ( Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico), - Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ - Internacional Member AO ALUMNI Association, - Internacional Member: The Fédération Internationale de Médecine du Sport,(FIMS)/International Federation of Sports Medicine (http://www.fims.org),