Sindrome Ciclops após reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior

A Perda da extensão do joelho após a reconstrução do ligamento cruzado anterior pode ocorrer devido a formação de um nódulo fibroso localizado na região ântero-lateral do túnel tibial, denominada Síndrome Cyclops. Este nódulo ocorre geralmente no pós-operatório imediato, porém existem relatos de formação tardia. A formação do Nódulo resulta na diminuição da extensão do joelho, com preenchimento da fossa intercondilar. 

A diminuição do arco de movimento do joelho é uma das complicações mais freqüentes e difíceis após a reconstrução do ligamento cruzado anterior (LCA) e pode levar o paciente a um maior desconforto do que a própria instabilidade pré-operatória si. 
.
A sindrome de Cyclops pode surgir após reconstrução do LCA ou após a ruptura do LCA sem tratamento cirúrgico.

Quais os sintomas?
Os sintomas da síndrome cyclops geralmente começam no período pós-operatório e pode incluir perda de extensão do joelho, um sonoro click perto da extensão completa, crepitações dolorosas, travamento, rigidez ou frouxidão residual. 

Qual a importância da recuperação da extensão do joelho pós reconstrução do LCA.

Os estudos mostraram que os pacientes que não recuperam a extensão completa após a reconstrução do LCA sentem mais dor na região anterior do joelho. 

Quais as possíveis causas para perda da extensão após reconstrução do LCA?
Problemas na articulação patelo-femoral ou um enfraquecimento do músculo quadríceps. Outras possibilidades: posicionamento não ideal do enxerto, artrofibrose, não aderência as recomendações médicas, fisioterapia insuficiente, síndrome da contratura infra-patelar (IPCS) e finalmente a síndrome de cyclops devem ser consideradas como diagnósticos diferenciais . 


Tratamento.
A Excisão artroscópica da cicatriz geralmente é bem sucedida para aliviar os sintomas dos pacientes e é recomendado se um programa de reabilitação agressivo com ênfase em recuperar extensão total do joelho falhar.

A preservação de uma gama completa de movimento após a reconstrução do LCA é crucial para recuperar uma função normal do joelho e para assegurar um elevado nível de satisfação do paciente. 

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologista, Médico do Esporte
Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Atualizado em 10/11/2013

Comentários

Mais Lidos

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Consolidação das Fraturas

Vitamina D Pura DePURA

Lesão Meniscal no Joelho

Cirurgia para tratamento da Fratura de Tornozelo

Frio ou Calor

Fratura de tíbia - Diafisaria

Cisto de Baker no Joelho

Entorse do Tornozelo

Bula do Addera D3

Minha foto
MARCOS BRITTO DA SILVA
Brazil
- Médico Ortopedista Especialista em Traumatologia e Medicina Esportiva - Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Pró-Cardíaco, - Professor Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, - Membro Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte | SBMEE, Médico do HUCFF-UFRJ, - International Affiliate Member of the AAOS - American Academy of Orthopaedic Surgeons - Membro da Câmara Técnica de Ortopedia e Traumatologia do CREMERJ, - Especialista em Cirurgia do Membro Superior pela Clinique Juvenet - Paris, - Professor da pós Graduação em Medicina do Instituto Carlos Chagas, - Professor Coordenador da Liga de Ortopedia e Medicina Esportiva dos alunos de Medicina da UFRJ, - Membro Titular da SBOT - ( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), - Membro Titular da SBTO - ( Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico), - Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ - Internacional Member AO ALUMNI Association, - Internacional Member: The Fédération Internationale de Médecine du Sport,(FIMS)/International Federation of Sports Medicine (http://www.fims.org),