Dr. Marcos Britto da Silva - Ortopedia, Traumatologia e Medicina Esportiva: Edema de Estase e pós Imobilização

Edema de Estase e pós Imobilização

O edema de estase é um inchaço de origem vascular e ocorre quando o membro fica muito tempo parado.
Exemplo: quando ficamos muito tempo parado em pé ou sentado sem mexer as pernas o pé fica um pouco mais inchado. A simples imobilização favorece o edema porém ele é agravado pela insuficiência venosa. 

Edema pós fratura ou após imobilização.
O edema residual após uma fratura ou imobilização pode ser um edema de estase, porém, também pode ser causado por lesão nos vasos linfáticos. Em várias situações esse edema residual está relacionado a alterações neurológicas transitórias que causam vasoplegia ( os vasos sanguíneos se contraem menos e tendem a permitir que o liquido que deveria ficar dentro do vaso saia para o espaço entre as células). Isso em geral é temporário e melhora muito com fisioterapia, banhos de contraste , turbilhão e principalmente com mobilidade ativa dos membros inferiores pois a contração muscular funciona com um coração periférico jogando o sangue de volta para o coração.

Edema pós Cirurgia.
Também após cirurgia é comum edema, importante avaliar se a musculatura está bem solta ou se parece endurecida. quando a panturrilha se tornar endurecida com ou sem cirurgia você deve procurar o médico pois pode ser na verdade um caso de trombose venosa profunda..

Leia Mais Atrofia de Sudeck

Dr Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Medicina do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Atualizado em 18/12/2015

10 comentários:

  1. Doutor Marcos, gostaria de saber se é possível fraturar uma vértebra, mas ao invés de sentir dor no local da fratura, a dor "refletir" mais abaixo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma fratura da coluna pode produzir dores nos membros inferiores caso a fratura comprima algum nervo

      Excluir
  2. Foi de muito valor a matéria de lesão de calcanho tirei todas as minhas duvidas.
    Marcos Teresina-pi
    M-crep@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Doutor Marcos. Sou caminhoneira a quase 20 anos , sofri uma fratura no tornozelo esquerdo em 1989 e até hoje sofro com inchaço e dores apesar da embreagem ser muito leve as vezes não aguento pisar . Usei um platina durante 6 meses depois retirei.se puder me ajudar agradeço.
    Almeida
    Aracaju-SE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é um quadro residual e para saber por que doi e incha precisaria examinar você

      Excluir
  4. Obrigado pela informação, após ler seu post, fiz um exercício o qual melhorou levemente a cor dos meus dedos, só vejo dois rs..., que está imobilizado a 50 dias, devido à fraturas nos dedos, inclusive uma exposta.

    Obrigado Dr. Papai do céu o abençoe!

    ResponderExcluir
  5. Olá Dr e Mestre da Medicina Marcos eu estou em Portugal e ao vir pesquisar sobre o meu caso ( cirurgia ao tornozelo com plac. E 9 parafusos) tenho uma questão! Estou com 19 dias de cirurgia é normal ainda estás muito inchado!? Não tenho dores nem tomo nada! O uma injeção na barriga todos os dias para não fazer coágulo. obrigada e tudo de bom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se estiver endurecida a panturrilha você deve procurar um médico, apesar de menos frequente a trombose pode ocorrer mesmo em uso de anticoagulante. ( injeções na barriga)

      Excluir
  6. Drº Ha um ano e 10 meses tire que passa por uma cirurgia no tornozelo direito (tíbia e fíbula), colocando 07 parafusos em um lado e 02 no outro.
    a minha pre-ocupação e que agora começou a incha novamente, situação que não acontecia desde os primeiros meses da cirurgia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Retorne ao ortopedista, pode estar relacionado ao calor, porém pode ser algo com a cirurgia.

      Excluir

ANTES DE POSTAR SEU COMENTÁRIO Leia SOBRE O BLOG

http://www.marcosbritto.com/p/blog-page.html

Somente os seguidores do Blog poderão postar comentários.
Não realizamos consultas pela internet!

Postagens mais lidas na última semana