Dr. Marcos Britto da Silva - Ortopedia, Traumatologia e Medicina Esportiva: Apneia do Sono e osteoporose

Apneia do Sono e osteoporose

O indivíduos que dormem mal e tem apneia  do sono aumentam o risco de desenvolver osteoporose, especialmente entre as mulheres, naturalmente mais susceptíveis a perda da massa óssea porém atinge frequentemente os homens mais velhos essas foram as conclusões de um novo estudo publicado no Jornal da Sociedade de Endocrinologia of Clinical Endocrinology and Metabolism JCEM.

O que é a Apneia do sono?

A Apnéia do sono é uma condição que provoca breves interrupções na respiração durante o sono. 

Qual a forma mais frequente de Apneia do Sono?

A forma mais comum é chamada de Apneia obstrutiva do sono, ocorre quando vias aéreas de uma pessoa torna-se bloqueada durante o sono. Se a apneia do sono não for tratada pode aumentar o risco de acidente vascular cerebral, doenças cardiovasculares e ataques cardíacos.
 " Perturbações do sono causados ​​pela apneia podem prejudicar vários órgãos e sistemas do corpo, incluindo o sistema esquelético "
Os autores comentaram "Quando a apnéia do sono priva periodicamente o corpo de oxigênio pode enfraquecer os ossos e aumentar o risco de osteoporose . A condição progressiva pode levar a fraturas ósseas expontâneas, aumento dos custos médicos, reduzir a qualidade de vida e até mesmo provocar a morte . " 

Esse foi um estudo de coorte retrospectivo usando registros do programa de Seguro Nacional de Saúde de Taiwan de 1.377 pessoas que foram diagnosticadas com apnéia obstrutiva do sono durante vários anos 

Durante o curso de seis anos , os pesquisadores compararam indivíduos com diagnóstico da osteoporose no grupo de pacientes com apneia do sono com um grupo controle de 20.655 pessoas com idade e sexo semelhantes porém que não apresentavam o distúrbio do sono. 
Os investigadores encontraram uma incidência de osteoporose 2,7 vezes maior entre os pacientes com apnéia do sono do que o grupo controle, após o ajuste para idade, sexo, outros problemas médicos , localização geográfica e renda mensal. 
Os pesquisadores alertam: As mulheres e os indivíduos mais velhos enfrentam maior risco de desenvolver a doença óssea.
"À medida que mais e mais pessoas são diagnosticadas com apnéia obstrutiva do sono em todo o mundo , os pacientes e os profissionais de saúde precisam estar cientes do risco acrescido de desenvolver outras condições",
Afirmou um dos pesquisadores . "Precisamos dar mais atenção à relação entre apnéia do sono e saúde dos ossos  para que possamos identificar as estratégias para prevenir a osteoporose. " 

Autores do estudo incluem : Yu -Li Chen, Shih- Feng Weng , Chien- Wen Chou, Chwen -Yi Yang e Wang Jhi - Joung de Chi Mei Medical Center, e Yuan- Chi Shen de Kaohsiung Chang Gung Memorial Hospital, em Kaohsiung , Taiwan. O estudo, " Apnéia Obstrutiva do Sono e Risco de Osteoporose: um estudo de coorte de base populacional em Taiwan ", 

Dr Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Medicina do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Atualizado em 18/04/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE POSTAR SEU COMENTÁRIO Leia SOBRE O BLOG

http://www.marcosbritto.com/p/blog-page.html

Somente os seguidores do Blog poderão postar comentários.
Não realizamos consultas pela internet!

Google+ Followers