Dr. Marcos Britto da Silva - Ortopedia, Traumatologia e Medicina Esportiva: Fratura do Processo Transverso da Coluna Lombar

Fratura do Processo Transverso da Coluna Lombar

Entendendo a lesão que tirou Neymar da Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

A fratura do processo transverso é uma lesão comum no futebol?
As fraturas da coluna são descritas no futebol porém não são muito frequentes, dentre as fraturas da coluna no futebol a fratura do processo transverso é das mais frequentes.

Fratura do Processo transverso
de L2 e L3 a esquerda.
O que causa a fratura do Processo transverso da coluna lombar.
Trauma de grande energia, como uma joelhada com o jogador em velocidade. No trauma contuso a força de impacto é igual: massa X velocidade ao quadrado.
Na lesão do Neymar para entendermos a quantidade de energia temos que imaginar que o jogador estava em movimento e nesse caso além da força da própria joelhada temos que imaginar que o joelho representa o ponto de contado de todo o corpo do jogador adversário e desse modo podemos imaginar que todo o peso da adversário multiplicado pelo quadrado da velocidade de deslocamento no ar produziu um grande impacto e fraturou a coluna.

Quais o mecanismo de trauma na fratura do Processo transverso da coluna lombar?
Trauma direto (como em acidentes automobilísticos ou numa joelhada), forças violentas laterais de flexão-extensão (como em esportes principalmente futebol) ou avulsão do músculo psoas ou ainda fraturas Malgaigne da pelve.

As fraturas do processo transverso podem ter outras complicações?
Sim, Existe uma grande associação de fraturas do processo transverso e lesões abdominais, incluindo trauma nas vísceras abdominais, retroperitônio, coluna vertebral, ossos longos e crânio, Nesses casos além do exame de radiografia simples devemos sempre avaliar com exames de tomografia computadorizada.

As Fraturas do processo transverso necessitam de cirurgia?
Não, somente as lesões associadas eventualmente podem requerer cirurgia, para tratar a fratura isolada basta o repouso. cintas e coletes podem melhorar o conforto e facilitam o transporte e locomoção.

Essa lesão coloca em risco a carreira do Neymar?
A princípio não, a informação que temos é que se trata de uma lesão isolada, sem outros órgãos lesados e nesse caso em poucas semanas o jogador poderá retornar aos treinos.

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologista e Médico do Esporte
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
atualizado em 05/07/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE POSTAR SEU COMENTÁRIO Leia SOBRE O BLOG

http://www.marcosbritto.com/p/blog-page.html

Somente os seguidores do Blog poderão postar comentários.
Não realizamos consultas pela internet!

Postagens mais lidas na última semana