Dr. Marcos Britto da Silva - Ortopedista,Traumatologia e Medicina Esportiva: Ruptura do Tendão Patelar no Joelho.

Ruptura do Tendão Patelar no Joelho.

O que é o tendão patelar?
O tendão patelar liga o músculo quadríceps a perna na Tuberosidade anterior da Tíbia. ( TAT)

A ruptura do tendão patelar é frequente?
Não, a ruptura do tendão patelar é um relativamente pouco frequente, porém muito incapacitante.  As pessoas no Brasil passaram a conhecer mais essa lesão do joelho após a Lesão do Ronaldo Fenômeno no Milan em 1999.

Qual a idade típica de lesão?
A ruptura do tendão patelar é mais comumente visto em pacientes com menos de 40 anos de idade. Porém temos observado a lesão em pacientes cada vez mais velhos e não são infrequentes lesões em pacientes com 55-65
Como ocorre a ruptura do tendão patelar?
A ruptura tende a ocorrem durante as atividades atléticas ou mesmo descer uma rampa correndo, A ruptura é provocada por uma contração violenta do quadríceps com o joelho flexionado.

Porque ocorre a ruptura do tendão patelar?
A Ruptura do tendão patelar representa a fase final de uma tendinopatia degenerativa resultante de microtraumas repetitivos do tendão. Esta ruptura pode ocorrer também com traumas menores nos pacientes cujos tendões estão enfraquecidos por doenças sistêmicas. Nesses casos o paciente em geral relata uma história prévia de dor na face anterior do joelho.

Como é feito o diagnóstico da Ruptura do tendão Patelar?
O diagnóstico é feita com base na presença de um defeito na face anterior do joelho, dolorosa e palpável na substância do tendão imediatamente abaixo da rótula, a rótula em geral sobe e fica mais alta em relação ao outro joelho, o paciente perde a capacidade de esticar o joelho e para ficar em pé precisa colocar a não na parte da frente do joelho ou da coxa para impedir que o joelho flexione.

Quais exames confirmam a lesão do tendão patelar?
AS radiografias simples no joelho podem mostrar a rotula alta, nas rupturas parciais a ressonância e o ultrassom confirmam o diagnóstico.

Qual o prognóstico após uma ruptura do tendão patelar?
O prognóstico depende em grande parte no intervalo entre a lesão e o reparo. Cirurgia logo após a lesão é recomendado para melhorar os resultados. Após alguns dias a rotula sobe devido a contração do quadriceps e afasta as bordas tendinosas dificultanto a sutura e piorando o resultado pós operatório.

O paciente precisa de fisioterapia no pós operatório?
Sim, Um programa de reabilitação agressiva, enfatizando no início a amplitude de movimento, sem permitir carga e posterior fortalecimento do quadríceps, irá melhorar os resultados da cirurgia. 

Quais as principais complicações da ruptura do tendão patelar?
Pacientes que se submetem ao reparo após vários dias estão em risco para um resultado comprometido, com perda da flexão completa do joelho e diminuição da força do quadríceps. Na cirurgia retardada em geral conseguirmos restabelecer o mecanismo extensor, porém, com perda de força e flexibilidade, o que leva a dificuldade pora correr e praticar esportes

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedia, Traumatologia e Medicina do Esporte
Rio de Janeiro, RJ. Brasil
atualizado em 20/06/2011

21 comentários:

  1. Muito esclarecedor, mas a minha dúvida se refere ao paciente que não tem a rótula, meu caso, e suas complicações!
    Ruptura transfixante é exatamente o quê? Já que nenhum médico soube me dizer até o momento.

    ResponderExcluir
  2. Ruptura transfixante significa ruptura completa, pacientes sem a rotula näo podem usar o tendâo patelar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por responder! Um médico em Sumaré SP,especialista de joelho, me disse isso e imobilizou minha perna, depois de 4 semanas imobilizada consegui uma consulta com um especialista de joelho onde resido, com outro especialista o qual não concordou com a interpretação e o tratamento indicado por aquele médico, tirou a tala que imobilizava e passou seções de fisio para recuperar o movimento. Já consegui 90 graus de movimento da perna, depois de com duas semanas de fisio, não foi feito nenhuma interferência cirurgica. Devido a imobilização a perna enfraqueceu um pouco e imagino ser um dos motivos por estar com dificuldades ao caminhar, pois tenho flexão que permite mudar os passos.
      Se o paciente sem a rôtula não pode usar o tendão patelar e se esse é o responsávél pela extensão da perna, como foi possível eu praticar musculação e outras atividades fisícas, sem a rôtula há 24 anos?
      Seria esse atual tratamento o indicado?

      Excluir
    2. Provavelmente uma ruptura não completa, o exame clínico é mais importante que o exame de imagens e os dois se complementam, porém o exame clínico a principio é preponderante sobre o exame de imagem em caso de divergencia.

      Excluir
    3. Foi exatamente esta impresão, de ruptura não completa, que tive logo depois da lesão com as primeiras informações que busquei a respeito, mas a insegurança ao dar o passo e também uma diferença visível no tecido que ficava "colado" no joelho me fez refletir sobre alguns diagnósticos, não tão animadores.
      Já se passaram 2 mêses. Ruptura parcial desse tendão faz se necessário interferência cirúrgica?
      O fata de não ter a patela é assim tão grave sendo necessários cuidados diferênciados?

      Excluir
  3. Sugiro um exame mais aprofundado, caso venha ao Rio de Janeiro poderei examiná-la pessoalmente.

    ResponderExcluir
  4. Boa noite dr. Sofri um acidente de carro e fraturei a tibia bem na onde o tendao patelar é inserido, tive perda parcial do tendão. Nesse caso ha como reconstruir o tendão ou tem que fazer a artrodese do joelho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tendão patelar pode ser reconstruido com o uso de transferências tendinosas. Um exemplo disso é o Jogador Ronaldo que reconstruiu o Tendão Patelar 2 vezes.

      Excluir
  5. Boa noite Dr. , Jogo futebol americano como corredor e sofro de tendinite patelar há uns 6 meses, estou de repouso há uns 3 meses, consegui fazer uma usg hoje, onde foi visto uma ruptura parcial no tendao, provocada muito provavelmente por eu ter forçado o meu joelho mesmo já sentindo algumas dores, as quais foram se agravando até se tornarem insuportaveis ao correr. Gostaria que o senhor pudesse me orientar, é claro que vou ao medico, mas me sentiria bem mais confortavel ao ter mais de uma opinião medica. Minhas duvidas são: é possivel a recuperação sem cirugia?, considerando que a lesão é antiga, como posso saber se esta está realmente melhorando? e o repouso é absoluto? ou existem exercicios para as pernas que podem ser feitos durante o repouso? como por exemplo bicicleta. Muito obrigado desde já.

    ResponderExcluir
  6. bom,tive segundo o ortopedista uma ruptura de capsula do joelho...ao exame clinico e rx.pediu rm e mandou eu imobilizar c gesso.fiz a ressonancia e deu:ruptura parcial do lca;estiramento no lcm na inserçao femural;ruptura parcial do terço postrior distal do retinaculo patelar a equeerda...bom,nao entendi o q signfica quanto a patela.poderia me esclarecer melhor?terie de operar?de ja agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A lesão do retináculo patelar faz parte da lesão ligamentar do joelho

      Excluir
  7. Oi já estourei o tendão direito e agora o esquerdo, minha pergunta e se eu, poderei voltar a jogar futebol e futsal em alto nível

    ResponderExcluir
  8. doutor tirei a patela do lugar, fiz uma ressonancia e foi encontrado:
    * discreto estiramento do ligamento cruzado anterior.
    * tendinopatia distal do quadríceps femoral.
    * sinais de instabilidade e hiperpressão patelo femoral lateral e de impacto na gordura de hoffa adjacente.
    * condropatia grau II da patela.
    * liquide livre na transição dos tendões gastrocnêmio medial e semimebranoso que pode dever-se a ruptura de cisto popliteo.

    Doutor minha pergunta é o seguinte já fiz varias fisioterapias e já faz 3 meses que estou com muita dor sem movimentar direito, não consigo esticar e nem dobrar e sinto muitar dorer. Esta situação será necesario uma cirurgia ou não ???

    agradeço desde já a atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deve procurar um ortopedista, sem examinar você não tenho como opinar.

      Excluir
  9. Estimado Dr., boa noite! Estou a preparar-me para um TAF de PM, mas acabei exagerando e senti dores no joelho, mesmo assim, corri mais um dia com dores (não são tão fortes), todavia resolvi descansar. Percebi a dor mais aguda em baixo da patela e o tendão patelar, como um todo, um pouco inchado ainda. Estou descansando há uma semana e tomando nimesulida betociclodextrina 400mg - 12/12h - há 2 dias. Gostaria de saber: Gelo, nesse caso, ajuda? A musculação no quadríceps é útil? Devo correr de leve e parar quando sentir dor ou repouso total? Obrigado pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deveria procurar um ortopedista, uma lesão do tendão patelar pode ser um problema sério.

      Excluir
  10. dr. por gentileza tira minhas duvidas? um paciente com mais de 50% de ruptura de tendão patelar quais as possibilidades de voltar a fazer qualquer tipo de esportes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um paciente com ruptura parcial;de um tendão corre o risco de progredir para uma ruptura completa quando coloca tensão nesse tendão.

      Excluir
  11. oi Dr. estou com 0,12 cm do tendao rompido, procurei na internet o tamanho total do tendao patelar e nao encontrei, o senhor pode me dizer? obrigada!

    ResponderExcluir

ANTES DE POSTAR SEU COMENTÁRIO Leia SOBRE O BLOG
http://www.marcosbritto.com/p/blog-page.html
Somente os seguidores do Blog poderão postar comentários.
Não realizamos consultas pela internet!

Últimas Artigos Revisados ou Publicados

Vídeos com Aulas e entrevistas com Dr. Marcos Britto da Silva

Loading...

Video Artroscopia de Joelho - Meniscectomia

Video Luxação Acromio Clavicular no Ombro

Video de Reconstrução do LCA

Arquivo do blog