Neuropraxia do Nervo Radial Sindrome do Braço do Namorado

Acordar com o braço dormente é um sintoma muito frequente.
A dormência em geral dura alguns minutos ou horas e em geral não deixa sequelas.

O que provoca a parestesia ( dormência, formigamento) no Braço ?
Temos duas possibilidades, uma origem vascular outra neurológica.
Compressão vascular: Ao deitar em posição ruim as artérias que irrigam o membro superior podem ficar comprimidas e isso provoca uma sensação de formigamento, a mão fica boba e não obedece aos comandos. Ao esticar o braço o sangue volta e alguns minutos depois o formigamento desaparece e a função da mão retorna.
Compressão neurológica: o nervo mais frequentemente comprimido quando dormimos com a cabeça sobre o braço é o nervo radial, esse nervo é responsável por esticar os dedos e o punho. por exemplo para levantar o polegar e fazer o sinal de joia ( =  Curtir no FaceBook) o nervo radial deve estar funcionando. Quando a namorada dorme sobre o braço a cabeça dela pode comprimir o nervo radial contra o úmero e o nervo radial pode parar de funcionar, a isso chamados de neuropraxia do nervo radial ou braço do namorado.

Anatomia do Nervo radial
O nervo radial sai da região axilar na parte de dentro do braço e desce em direção ao cotovelo num trajeto junto ao osso do braço chamado de úmero. Ele desce por traz do úmero e na junção do terço médio com o terço distal o nervo sai da região posterior e cruza pela face lateral do úmero. Nesse ponto o nervo radial é mais propenso a compressões pelo crânio.

Quanto tempo dura uma neuropráxia do nervo radial na sindrome do braço do namorado?
Pode durar poucos minutos ou horas porém quando a cabeça fica muito tempo comprimindo o nervo a parestesia pode durar vários dias, porém em geral regride em duas semanas.

A neuropraxia do nervo radial pode durar mais tempo?
Sim, nos compressões mais sérias pode permanecer por semanas porem em geral a recuperação sempre ocorre. Em casos raros a compressão e tão séria que fica uma sequela porém isso é muito raro.

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologista e Médico do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Atualizado em 10/04/2016

esse post responde a pergunta abaixo:

Márcio Rocha deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho": 

Olá Dr.Marcos 

Sou Márcio,esses dias eu estava estudando numa das bibliotecas da Usp(IME)...e eu estava muito cansado entao eu dormi na mesa,em cima de meu braço direito, ele estava reto , e depois de uns 40 min eu acordei e não conseguia meche-lo,fiquei desesperado,pedi para que me levasem ao HU(hospital universitario) o medico disse que voltaria ao normal no mesmo dia,disse que me despreocupa-se ,fui para casa e no outro dia eu acordei e ainda estava do mesmo jeito, voltei no hospital e a médica disse que pelo fato de eu não conseguir fazer alguns movimentos com as maos ex:não conseguir levantar a palma da mao para cima com os dedos esticados isso voltaria ao normal em 4 meses estaria 100% mas se não melhora-se nada em 2semanas eu volta-se lá ,o que vc acha que pode ter acontecido comigo DR.pelos sintomas ditos, eu nem se quer consigo manipular um copo de agua direito, e to até sem força , isso pode ter uma solução ? 

Comentários

Mais Lidos

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Consolidação das Fraturas

Vitamina D Pura DePURA

Lesão Meniscal no Joelho

Cirurgia para tratamento da Fratura de Tornozelo

Frio ou Calor

Fratura de tíbia - Diafisaria

Cisto de Baker no Joelho

Entorse do Tornozelo

Bula do Addera D3

Minha foto
MARCOS BRITTO DA SILVA
Brazil
- Médico Ortopedista Especialista em Traumatologia e Medicina Esportiva - Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Pró-Cardíaco, - Professor Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, - Membro Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte | SBMEE, Médico do HUCFF-UFRJ, - International Affiliate Member of the AAOS - American Academy of Orthopaedic Surgeons - Membro da Câmara Técnica de Ortopedia e Traumatologia do CREMERJ, - Especialista em Cirurgia do Membro Superior pela Clinique Juvenet - Paris, - Professor da pós Graduação em Medicina do Instituto Carlos Chagas, - Professor Coordenador da Liga de Ortopedia e Medicina Esportiva dos alunos de Medicina da UFRJ, - Membro Titular da SBOT - ( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), - Membro Titular da SBTO - ( Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico), - Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ - Internacional Member AO ALUMNI Association, - Internacional Member: The Fédération Internationale de Médecine du Sport,(FIMS)/International Federation of Sports Medicine (http://www.fims.org),