Dr. Marcos Britto da Silva - Ortopedia, Traumatologia e Medicina Esportiva: 2011

Como Escolher o melhor Plano de Saúde?


Como devo escolher um plano de saúde?
Você deve escolher um plano que seja adequado ao seu bolso, porém esse não deve ser o único parâmetro de escolha.

Tenho que ter um plano de saúde? Não posso usar o SUS?
Sim, você pode usar o SUS, você paga por ele querendo ou não, ele está embutido nos produtos que você compra (impostos). Infelizmente o governo não tem investido em alta tecnologia nos Hospitais Públicos, a excessão no Rio de Janeiro é o INTO que tem verba própria e trabalha com os melhores materiais. No Hospital do Fundão, da UFRJ  apesar se ser um Hospital Universitário, não temos acesso aos melhores materiais de síntese no momento.

Tendo um plano de saúde tenho garantido o direito de acesso aos melhores materiais e implantes?
Em teoria sim, porém na prática não necessariamente. Os planos de saúde são como os seguros de carro: ótimos na hora de contratar e difíceis de usar quando você precisa. As Operadoras de Saúde Suplementar foram criadas para repartir o risco entre os seus integrantes porém elas também visam o lucro e não estão dispostas a pagar pelos materiais mais caros, estão sempre procurando materiais similares mais baratos aos pedidos pelo cirurgião. 

Quais os critérios que devo usar para escolher o plano de saúde?
  1. Em quais hospitais vou poder internar se precisar de uma cirurgia?
  2. Posso escolher o médico que vai me operar ou terei que usar o médico indicado pela operadora?
  3. Se escolher um médico de fora da operadora de saúde terei direito a reembolso?
  4. Qual a base de cálculo para esse reembolso?
  5. Como tem sido o relacionamento desse plano de saúde com os médicos que confio.
Não basta escolher o plano que caiba no seu bolso, você tem que avaliar onde vai se internar. Um internação ocorre quando temos um problema mais grave ou  seremos submetidos a uma cirurgia. Nesse momento queremos os melhores médicos e os melhores hospitais. Os planos de saúde que sugiro aos meus pacientes são os que dão direito a livre escolha de Médicos e permitam a internação em bons Hospitais.

Dr. Marcos Britto da Silva
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
atualizado em 25/10/2013

Acessos ao Blog por Pais em 2012

1. Brazil 1.029.450
2. Portugal 68.400
3. (not set) 23.535
4. United States 7.940
5. Japan 1.746
6. United Kingdom 1.334
7. Switzerland 1.145
8. Germany 1.064
9. France 1.017
10. Canada 982
11. Italy 812
12. Angola 778
13. Spain 743
14. Mozambique 547
15. Argentina 376
16. Netherlands 368
17. Bolivia 347
18. Belgium 295
19. Australia 280
20. Paraguay 237
21. Cape Verde 232
22. Luxembourg 232
23. Mexico 197
24. Chile 175
25. Norway 160
26. Ireland 126
27. Sweden 107
28. Uruguay 107
29. Israel 94
30. India 91
31. Colombia 88
32. Venezuela 77
33. New Zealand 76
34. Austria 70
35. United Arab Emirates 68
36. Denmark 68
37. Peru 66
38. China 65
39. Romania 53
40. South Africa 44
41. Finland 42
42. Russia 42
43. Thailand 40
44. Macau 37
45. Ecuador 36
46. Greece 35
47. Czech Republic 33
48. Panama 32
49. Andorra 30
50. Poland 28
51. Singapore 25
52. Dominican Republic 23
53. South Korea 23
54. Indonesia 22
55. Lebanon 22
56. Senegal 22
57. Turkey 22
58. Namibia 21
59. Puerto Rico 20
60. Costa Rica 18
61. Hungary 18
62. Qatar 18
63. Slovakia 18
64. Haiti 17
65. Nigeria 15
66. Saudi Arabia 15
67. Ukraine 15
68. Jersey 13
69. Kuwait 13
70. Malta 13
71. Hong Kong 12
72. Lithuania 12
73. Taiwan 11
74. Croatia 10
75. Vietnam 10
76. Côte d’Ivoire 9
77. Cuba 9
78. Cyprus 9
79. Morocco 9
80. Philippines 9
81. Serbia 9
82. Timor-Leste 9
83. Albania 8
84. French Guiana 8
85. Jordan 7
86. Monaco 7
87. Slovenia 7
88. Bulgaria 6
89. Iceland 6
90. Aruba 5
91. Algeria 5
92. Egypt 5
93. Guatemala 5
94. Guyana 5
95. Honduras 5
96. Liechtenstein 5
97. Macedonia [FYROM] 5
98. Nicaragua 5
99. Oman 5
100. El Salvador 5
101. Tunisia 5
102. Burkina Faso 4
103. Iran 4
104. Latvia 4
105. Moldova 4
106. Palestinian Territories 4
107. Suriname 4
108. Benin 3
109. Estonia 3
110. Gabon 3
111. Guinea-Bissau 3
112. Cayman Islands 3
113. Kazakhstan 3
114. Martinique 3
115. Malaysia 3
116. São Tomé and Príncipe 3
117. Cameroon 2
118. Ghana 2
119. Guinea 2
120. Isle of Man 2
121. Kenya 2
122. Liberia 2
123. Libya 2
124. Trinidad and Tobago 2
125. Armenia 1
126. Netherlands Antilles 1
127. Azerbaijan 1
128. Bosnia and Herzegovina 1
129. Bahrain 1
130. Bermuda 1
131. Botswana 1
132. Belarus 1
133. Dominica 1
134. Ethiopia 1
135. Georgia 1
136. Guernsey 1
137. Gibraltar 1
138. Gambia 1
139. Iraq 1
140. Jamaica 1
141. Cambodia 1
142. Sri Lanka 1
143. Mali 1
144. Maldives 1
145. Malawi 1
146. Pakistan 1
147. Turks and Caicos Islands 1
148. Uzbekistan 1
149. Mayotte 1

UK Bribery Act: O que é a Lei anti-suborno do Reino Unido ?


O que é a Lei anti-suborno do Reino Unido (UK Bribery Act)?

É um estatuto jurídico semelhante ao “FCPA”, embora apresente algumas diferenças essenciais.  Em contraposição a outras Leis Anticorrupção, a legislação do Reino Unido define delitos criminais relativos a prática de suborno em transações comerciais assim como nos casos de participação de funcionários públicos oficiais.  A seguir, um sumário dos principais aspectos dos delitos criminais:

·         A lei do Reino Unido determina a criminalização de ofertas ou pagamentos de propina a qualquer pessoa, seja ela do setor público ou do setor privado.   O delito criminal pode ocorrer mediante oferta de vantagem pecuniária, ou qualquer outra vantagem, constituindo o incitamento de uma pessoa a desempenhar função ou atividade indevida (em outras palavras, uso ilícito da posição), ou o incitamento através de um prêmio em troca de conduta ilícita.
·         Da mesma forma, constitui crime requerer ou aceitar propina.  O delito criminal pode ocorrer quando uma pessoa requerer vantagem financeira, ou qualquer outra vantagem, motivada a desempenhar funções ou atividades ilícitas;
·         Estes delitos criminais também podem ocorrer quando a oferta ou demanda de vantagem financeira, ou qualquer outra vantagem, seja, por si, ilícita (em outras palavras, sem que haja qualquer outra conduta ilícita como consequência).
·         Outrossim, a lei estabelece um delito criminal adicional em caso de pagamento de propina a funcionário público estrangeiro, mediante oferta de vantagem financeira, ou qualquer outra vantagem, com a intenção de influenciar um funcionário público e obter ou reter uma vantagem nos negócios.

O que isto significa para mim?

·         Como Membro de Conselho, você deve aderir a todas as Leis Anticorrupção aplicáveis, inclusive o “FCPA” e o “UK Bribery Act”.
·         Você não deve dar, ou prometer que dará, dinheiro, objeto de valor ou qualquer outra vantagem à pessoa alguma em conexão com os seus Projetos através da GLG, sem antes obter autorização escrita neste sentido da GLG.
·         Você não deve exigir, ou receber, dinheiro, objeto de valor, ou qualquer outra vantagem, em conexão com os seus Projetos através da GLG, salvo o que haja sido previamente aprovado pela GLG.

Entrevista sobre Osteoporose


Ruptura do Tendão Patelar no Joelho.

O que é o tendão patelar?
O tendão patelar liga o músculo quadríceps a perna na Tuberosidade anterior da Tíbia. ( TAT)

A ruptura do tendão patelar é frequente?
Não, a ruptura do tendão patelar é um relativamente pouco frequente, porém muito incapacitante.  As pessoas no Brasil passaram a conhecer mais essa lesão do joelho após a Lesão do Ronaldo Fenômeno no Milan em 1999.

Qual a idade típica de lesão?
A ruptura do tendão patelar é mais comumente visto em pacientes com menos de 40 anos de idade. Porém temos observado a lesão em pacientes cada vez mais velhos e não são infrequentes lesões em pacientes com 55-65
Como ocorre a ruptura do tendão patelar?
A ruptura tende a ocorrem durante as atividades atléticas ou mesmo descer uma rampa correndo, A ruptura é provocada por uma contração violenta do quadríceps com o joelho flexionado.

Porque ocorre a ruptura do tendão patelar?
A Ruptura do tendão patelar representa a fase final de uma tendinopatia degenerativa resultante de microtraumas repetitivos do tendão. Esta ruptura pode ocorrer também com traumas menores nos pacientes cujos tendões estão enfraquecidos por doenças sistêmicas. Nesses casos o paciente em geral relata uma história prévia de dor na face anterior do joelho.

Como é feito o diagnóstico da Ruptura do tendão Patelar?
O diagnóstico é feita com base na presença de um defeito na face anterior do joelho, dolorosa e palpável na substância do tendão imediatamente abaixo da rótula, a rótula em geral sobe e fica mais alta em relação ao outro joelho, o paciente perde a capacidade de esticar o joelho e para ficar em pé precisa colocar a não na parte da frente do joelho ou da coxa para impedir que o joelho flexione.

Quais exames confirmam a lesão do tendão patelar?
AS radiografias simples no joelho podem mostrar a rotula alta, nas rupturas parciais a ressonância e o ultrassom confirmam o diagnóstico.

Qual o prognóstico após uma ruptura do tendão patelar?
O prognóstico depende em grande parte no intervalo entre a lesão e o reparo. Cirurgia logo após a lesão é recomendado para melhorar os resultados. Após alguns dias a rotula sobe devido a contração do quadriceps e afasta as bordas tendinosas dificultanto a sutura e piorando o resultado pós operatório.

O paciente precisa de fisioterapia no pós operatório?
Sim, Um programa de reabilitação agressiva, enfatizando no início a amplitude de movimento, sem permitir carga e posterior fortalecimento do quadríceps, irá melhorar os resultados da cirurgia. 

Quais as principais complicações da ruptura do tendão patelar?
Pacientes que se submetem ao reparo após vários dias estão em risco para um resultado comprometido, com perda da flexão completa do joelho e diminuição da força do quadríceps. Na cirurgia retardada em geral conseguirmos restabelecer o mecanismo extensor, porém, com perda de força e flexibilidade, o que leva a dificuldade pora correr e praticar esportes

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedia, Traumatologia e Medicina do Esporte
Rio de Janeiro, RJ. Brasil
atualizado em 20/06/2011

Dor no Peito e Sindrome de Tietze

O que é a Síndrome de Tietze?
Síndrome de Tietze é uma inflamação entre a cartilagem costal e o externo. Podemos defini-la como uma externo-condrite.

Porque essa patologia recebe esse nome?
A externo-condrite foi descrita pelo cirurgião alemão Alexander Tietze que deu nome a síndrome.

Como a doença de manifesta?
A principal queixa da síndrome de Tietze é a dor aguda. Essa dor torácica aguda muitas vezes assusta o paciente que pensa que está infartando. Diferente do infarto ocorre aumento da dor com a palpação local a região fica dolorida e algumas vezes inchada (edema, aumento de volume local)

Quanto tempo dura a Síndrome de Tietze?
A duração é variável e está relacionada a sua causa. Pode duras poucos dias nos casos após esforços físicos porém a literatura salienta casos de ate 12 semanas nos casos de infecção viral.

A dor pode se tornar crônica?
Sim, porem isso é raro.

Quais as características da dor na Síndrome de Tietze?A dor pode ser idêntico a um ataque cardíaco e pode causar hiper ventilação, ataques de ansiedade, desmaios, ataques de pânico, torpor temporários e pseudo paralisia nos paciente mais ansiosos. A dor piora com a inspiração profunda e à leve palpação local.

O que causa a síndrome de Tietze?Não sabemos exatamente as causas da Síndrome de Tietze, porém muitas vezes resulta de um esforço físico, tosse repetida, espirros, vômitos, impactos no peito ou mesmo rir seguidamente .

Qual o diagnóstico diferencial?
Como os sintomas podem ser semelhantes é importante descartar um ataque cardíaco.

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologista e Médico do Esporte

Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
atualizado em 30/11/2011

Quedas e Fraturas do Quadril

Noventa por cento das fraturas do quadril são resultado de uma queda. Até o ano de 2050, a incidência das fraturas de quadril deve dobrar devido ao  envelhecimento na população.

Mulheres têm duas a três vezes mais fraturas de quadril do que os homens.  Uma cada 7 mulheres brancas, pós-menopausa tem uma risco grande de sofrer fratura do quadril. A taxa de fratura de quadril aumenta com a idade, após os 50, a incidência dobra a cada 5-6 anos. Quase metade das mulheres que chegam aos 90 anos terá sofrido uma fratura de quadril.

O risco de fratura de quadril é maior para mulheres mais altas . Mulheres com altura maior que 1,73m  tem o dobro de fraturas de mulheres menores que  1,57m. Estudos mostram que mulheres que sofreram uma fratura do punho ( Colles), no passado, tem um aumento do risco de quebrar o quadril. Entre pessoas com 50 anos ou mais velhos que caem, as mulheres têm 2-3 vezes mais fraturas de quadril do que homens.

* Apenas 25 por cento dos pacientes com fratura de quadril terá uma recuperação completa, 40 por cento necessitam de cuidados do lar, 50 por cento vai precisar de uma bengala ou andador; e 25 por cento dos pacientes com mais de 50 anos vai morrer dentro de 12 meses após a fratura.
* Quase um em cada quatro pacientes com fratura de quadril morrerão dentro de 12 meses após a lesão por causa de complicações relacionadas com a lesão e o período de recuperação.

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologista e Médico do Esporte
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
atualizado em 13/11/2011

Mitos: Alcool e Exercícios

Existem 4 mitos muito comuns entre os atletas e o Álcool.
1. O álcool é uma boa fonte de calorias.

Falso. O álcool é uma fonte altamente concentrada de calorias que contém 7 calorias por grama (em comparação a 4 calorias / g de proteínas e carboidratos e 9 cal / g de gordura). Essas calorias são utilizados pelo corpo, principalmente para a produção de calor e não são convertidos em glicogênio, o principal combustível para a atividade muscular.

As calorias do álcool são calorias "vazias"; o álcool é pobre em vitaminas e minerais e sobrecarrega as vias metabólicas do fígado. O fígado desvia calorias para fazer gordura, que que é então armazenada no próprio fígado, antes de serem levados para locais de armazenamento permanente. A gordura pode se acumular no fígado, após uma única noite de bebedeira. O alcool induz a hipoglicemia o que deixa os músculos sem a sua principal fonte de energia.

Além disso, o álcool é muitas vezes misturada com outros alimentos com alto teor calórico e consumido junto com lanches de alta densidade calórica, como batata frita, amendoim, nozes, etc. Bebedores frequentes podem adicionar facilmente alguns quilos ao redor da cintura. Se você for beber e fazer dieta, é difícil permanecer dentro dos limites de calorias e ainda receber alimentação adequada.

Segundo Mito
O álcool é uma boa fonte de vitaminas B.
Falso. Bebidas alcoólicas contêm apenas quantidades insignificantes de vitaminas. Na verdade, o álcool atua para deslocar as vitaminas do organismo. Primeiro ele faz com que as células intestinais parem de absorver tiamina (B1), ácido fólico (B9) e vitamina B12 . Células do fígado perdem a sua eficiência na ativação da vitamina D. Os rins excretam uma maior quantidade de magnésio, potássio, cálcio e zinco, roubando do corpo esses minerais essenciais. A carência de vitamina B provoca doença neurológica e a carência de vitamina D deixa os ossos fracos

Terceiro Mito
O álcool é uma boa fonte de reposição de líquidos.

Falso. O álcool é um diurético, uma substância que provoca uma maior perda de líquidos ( sais minerais e eletrólitos) do que ele contém. O álcool diminui a produção do hormônio anti diurético (ADH), o hormônio que regula o equilíbrio de fluidos.

Isso provoca um aumento da micção, perda de água, desidratação e perda de minerais essenciais. Quem bebe urina mais e isso pode dar uma falsa impressão de que a pessoa está hidratado. Porém ocorre uma perda forçada de líquidos em quantidades maiores do que a pessoa está bebendo e levando a desidratação.

Quarto Mito
Beber Pouco não irá prejudicar o desempenho atlético.

Falso. O cérebro nem os músculos funcionam adequadamente. O músculo perde força e fica menor coordenação. Muitos estudos têm demonstrado que mesmo uma pequena quantidade de álcool pode prejudicar as habilidades psicomotoras, tempo de reação, coordenação olho-mão, acompanhamento visual, firmeza do braço, equilíbrio e agilidade. Quanto mais o atleta bebe, pior será seu desempenho.

Pesquisas

Em um estudo recente, nove homens saudáveis ​​(com idades entre 21 a 26) beberam em uma hora, o limite legal para dirigir na maioria dos estados americanos. O resultado foi uma diminuição das contrações do ventrículo esquerdo do coração, em outras palavras, era mais difícil para o coração bombear sangue e oxigénio para o resto do corpo. Os pesquisadores concluíram que o álcool é tóxico para o coração, mesmo em pequenas quantidades em adultos jovens e saudáveis​​. O álcool também diminui a frequência respiratória, ele é classificado como um depressor. Este é o efeito contrário que o atleta quer.

Curiosidades O organismo pode demorar 2 horas para metabolizar o álcool contido numa lata de 350 ml de cerveja. uma taça de vinho ou um dose de cachaça.
Os efeitos do álcool sobre o cérebro são sentidos muito rapidamente, especialmente se o estômago está vazio, alimentos podem diminuir o ritmo de absorção. O álcool afeta primeiro os lobos frontais do cérebro, os centros de raciocínio. Níveis mais altos de álcool, em seguida, afetam os centros da fala, visão, controle motor e, finalmente a consciência.

Dr Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologia e Medicina do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Atualizado em 14/08/2011

Caminhadas e Obesidade

Pessoas que estão muito acima do peso podem caminhar ?
Sim, podem caminhar. Caso você tenha engordado rapidamente sugiro que caminhe pouco todos os dias e realize exercícios em academia e atividades na água. 
Para emagrecer é importante gastar mais energia do que comemos. O sobre peso provoca uma sobrecarga mecânica nas articulações dos membros inferiores, antes de fazer longas caminhadas faça hidroginástica, natação e academia, seu joelho vai agradecer no futuro. Quando estiver um pouco mais magro inicie caminhadas mais longas.

Não tenho tempo para caminhar nem fazer ginastica.
Para perder peso não tem segredo. Engordamos porque comemos mais do que gastamos de energia ao longo do dia. Nos mantemos gordos porque comemos a mesma quantidade de energia que gastamos ao longo do dia. 
Ser gordo não é fácil se descuidarmos emagrecemos! 
Dicas: passe a descer do ônibus dois pontos antes, suba as escadas não use o elevador, levante da cadeira a cada hora e caminhe 5 minutos.
Caminhe, nade ou tome banho de piscina nos finais de semana. Se você não puder fazer caminhadas ou mais atividades físicas não tem outro modo: coma menos!


Dr Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Medicina do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Atualizado em 15/11/2011

O que significa o “FCPA”?


O que significa o “FCPA”?

É o estatuto jurídico americano que determina a criminalização de atos de suborno de um funcionário público estrangeiro, para fins de obtenção ou condução de transações comerciais, ou de vantagem ílicita em algum negócio, através do incitamento deste funcionário público estrangeiro para que:
·         Tome uma ação ou decisão no desempenho de suas funções oficiais.
·         Exerça influência sobre um ato ou decisão no âmbito governamental.
·         Viole um dever legal.
·         Confira uma vantagem ilícita em benefício da parte pagadora da propina.
O termo “suborno” pode consistir em uma oferta ou pagamento de “qualquer coisa de valor”, inclusive  compensação pecuniária, presentes, serviços, doações de caridade, hospitalidade e entretenimento corporativos, promessa de trabalho ou oferta de emprego no futuro, ou prêmio por um contrato ou negócio.

O termo “funcionário público estrangeiro” pode abranger funcionários do governo, políticos eleitos, candidatos a cargo eleito, funcionários de “organizações internacionais públicas” (por exemplo, as Nações Unidas), funcionários de um partido político, empregados de uma empresa de propriedade ou controlada pelo governo, ou um agente ou consultor intermediário que represente um funcionário público estrangeiro.  Leis adicionais Anticorrupção podem definir funcionários estrangeiros ou funcionários públicos estrangeiros de forma mais expansiva.

Quantas calorias devemos ingerir por dia?

Qual o valor da taxa calórica total da alimentação?

O equilíbrio de energia pode ser definido como a resultante zero entre a ingestão de alimentos, bebidas e suplementos, e seu consumo, pelo metabolismo basal, efeito térmico do alimento e a atividade física voluntária. Ingestão insuficiente de macro e micronutrientes, resultando em balanço calórico negativo, pode ocasionar perda de massa muscular e maior incidência de lesão, disfunções hormonais, osteopenia/osteoporose e maior frequência de doenças infecciosas, ou seja, algumas das principais características da síndrome do overtraining, comprometendo o treinamento pela queda do desempenho e rendimento esportivo. A necessidade calórica dietética é influenciada pela hereditariedade, sexo, idade, peso e composição corporal, condicionamento físico e fase de treinamento, levando em consideração sua frequência, intensidade e duração e modalidade. 

Para esses, o cálculo das necessidades calóricas nutricionais está entre 1,5 e 1,7 vezes a energia produzida, o que, em geral, corresponde a consumo entre 37 e 41kcal/kg de peso/dia e, dependendo dos objetivos, pode apresentar variações mais amplas, entre 30 e 50kcal/kg/dia. Tabelas com gasto energético estimado por minuto de prática estão disponíveis em diversas publicações, sinalizando para atletas do sexo masculino, praticantes de modalidades de longa duração, consumos que vão de 3.000 a 5.000kcal por dia. 
As necessidades energéticas para adultos de ambos os sexos, saudáveis, leve a moderadamente ativos, é de 2.000 a 3.000kcal por dia. Por outro lado, quando a necessidade de redução de massa gorda é um dos objetivos do acompanhamento nutricional, devem-se monitorar os resultados periodicamente, para que a perda não seja também de massa magra, efeito indesejável para rendimento esportivo e saúde do atleta. Além disso, distúrbios alimentares podem ser desencadeados, dependendo da pressão que o atleta sofre para perder peso, e devem ser imediatamente inibidos, especialmente nas mulheres por serem mais suscetíveis a essas variações. 

O ritmo de perda de peso em programas de redução de massa corporal deve ser de 0,5 a 1kg por semana, devidamente aconselhada e monitorada por um profissional capacitado, através da ingestão calórica reduzida com a escolha de alimentos de baixa densidade energética e pobre em gordura. Em atletas, a redução de 10 a 20% na ingestão calórica total promove alteração na composição corporal, com redução de massa corporal de gordura, não induzindo fome e fadiga, como ocorre com dietas de muito baixo valor calórico. A redução drástica da gordura dietética pode não garantir a redução de gordura corporal e ocasionar perdas musculares importantes por falta de nutrientes ativos na recuperação após o exercício físico, como as vitaminas lipossolúveis e proteínas.
Rio de Janeiro , RJ, Brasil
atualizado em 09/08/2011

Neuroma de Morton Tratamento com Radiofrequencia

Em 2010 O tratamento do Neuroma de Morton com radiofrequencia foi descrito por um grupo de Ortopedistas Australianos*. O tratamento consiste na destruição do tecido nervoso gerado pelo calor da ponteira de um equipamento de radiofrequencia.

Como é feito o tratamento do Neuroma de Morton com a Radiofrequencia?
Os autores relatam que o tratamento é feito com um procedimento percutáneo, o cirurgião localiza o ponto de maior dor e a seguir posiciona a ponteira de radiofrequencia sobre o local sob anestesia local. A ponteira de radiofrequencia gera calor de aproximadamente 90 graus centígrados e permanece nessa posição por aproximadamente 3 minutos, após a aplicação da radiofrequencia é feita injeção 01 cc de corticoide.

Qual o objetivo desse procedimento?
Em teoria ele equivaleria a cirurgia aberta no qual o nervo é retirado.

Qual a taxa de sucesso relatado no tratamento do Neuroma de Morton com radiofrequencia por esses autores?
18.4% dos pacientes obtiveram resolução completa dos sintomas,
55.3% obtiveram resolução parcial dos sintomas
26.3% não obtiveram melhora.
Esses resultados ainda não me encorajaram a usar esse método. Talvez no futuro com o uso de exames de imagem para guiar a agulha e posiciona-la mais precisamente sobre o Neuroma os resultados melhorem.


* Radio-frequency ablation for the treatment of Morton's neuroma. Genon, Michel P.1, Chin, Terence Y.2, Bedi, Harvinder S.2, Blackney, Mark C.2 ANZ Journal of Surgery; Sep2010, Vol. 80 Issue 9, p583-585, 3p, 1

EQUIPAMENTOS NO TENIS DE QUADRA

RAQUETE DE TÉNIS

As raquetes modernas apresentam algumas características específicas, e várias marcas são encontradas no mercado, das mais flexíveis às mais rígidas. As antigas raquetes de madeira não tem sido usadas atualemente e foram substituidas por novos materiais como alumínio, carbono, grafite e titânio . Algumas raquetes mais modernas são  muito leves e podem  pesar menos de 300 gramas. A qualidade da raquete de ténis e principalmente a tensão das cordoalhas podem ser um fator predisponente de lesões.  As lesões estão relacionadas a vibração principalmente nos atletas sem um condicionamento muscular adequado.

Como escolher a empunhadura correta?
A empunhadura correta é muito importante quando se pensa na prevenção de lesões do membro superior. principalmente do cotovelo e punho. Apesar de existirem algumas regras para a medida do tamanho ideal da empunhadura, sugiro que o melhor grip é aquele que corresponde ao mais confortável para o atleta quando

este desenvolve os golpes do tênis. Outros dados importantes são o comprimento total da raquete e o tamanho da cabeça. Estes fatores são importantes, pois o centro de vibração mínima da raquete (chamado de sweet spot) é o local onde se deve sempre ter o contato da bola na hora do impacto da rebatida, pois isso transmitirá menos vibração à raquete e ao membro superior. Recomenda-se sempre que possível raquetes com perfil largo para o amador.
As cordas representam outro importante componente da raquete. Elas podem ser feitas de material orgânico ou sintético. As cordas sintéticas são mais duráveis, porém transmitem maior vibração à raquete e ao membro superior, o que pode ser predisponente de lesões. A escolha do tipo de corda que melhor se
adapta ao jogo de cada atleta geralmente é difícil e requer tempo e prática. Mais importante que o material da corda, na gênese das lesões – principalmente do membro superior, e mais especificamente do cotovelo -,
é a tensão do encordoamento. Cada raquete apresenta uma recomendação do fabricante quanto ao valor da tensão que normalmente se pode utilizar.Geralmente a tensão recomendada varia de 52 a 65 libras, e hoje se sabe que tensões elevadas podem ser fatores importantes que aumentam a transmissão da vibração da raquete, principalmente para o cotovelo. Mesmo com esta grande variação na tensão recomendada, observa-se que a grande maioria dos tenistas amadores utiliza tensões de 56 a 60 libras. Não recomendamos, de rotina, que se use mais de 58 libras.

As bolas usadas para a prática do tênis são feitas de borracha misturada com terra e produtos sulfurados, para deixá-las com consistência homogênea. O uso correto das bolas é importante, pois se sabe que, quando velhas, o tenista tem que gerar uma maior força para desempenhar o mesmo tipo de jogo, predispondo a lesões dos membros superiores. 

Os calçados são outro fator muito importante com o qual o tenista deve se preocupar. Ele deve ter um reforço lateral bem elaborado, pois, durante uma partida, ocorrem muitos movimentos de parada brusca, principalmente nos deslocamentos laterais de fundo de quadra. O equilíbrio é valioso para gerar força na rebatida da bola e isso só é conseguido com uma parada brusca após um movimento de arranque. Os calçados devem ter uma câmara de absorção de impacto bem desenhada, a fim de que o choque com o solo seja minimizado. A região posterior do calçado não deve ser alta, pois pode prejudicar o tendão do calcâneo e provocar tendinites crônicas. A câmara anterior deve ser ampla,e a língua do tênis não precisa ser grande, mas confortável.


Tipos de quadrade Tenis

O tênis pode ser jogado em vários tipos de quadra, que geralmente são classificadas como rápidas ou lentas. As quadras lentas mais encontradas em nosso país e no mundo são as de saibro. As quadras rápidas geralmente são de material sintético ou cimento. Outras que são classificadas como rápidas são as de grama, tradicionais no famoso torneio de Wimbledon, na Inglaterra. Os diferentes tipos de quadra onde o esporte é praticado determinam lesões de diferentes comportamentos. Para aqueles que jogam regularmente em quadras rápidas, as lesões de membro inferior são freqüentes, pois o piso é duro, e a força de reação do solo é muito maior. Já para aqueles que jogam geralmente em quadras lentas, como as de saibro, as lesões mais freqüentes são as que ocorrem no membro superior, principalmente no ombro e cotovelo, e no tronco (principalmente coluna lombar). Isso porque o jogo se torna um pouco mais lento, e a força do membro superior deve ser maior para gerar velocidade e potência nos golpes. Não se pode considerar isso uma regra, mas é um dado relevante na prevenção e tratamento de lesões.

Você vai dançar com o disco do Corolla aos 40.000Km

Peço desculpas aos leitores assíduos para publicar um texto são médico porém estou revoltado com a Toyota. Temos visto nos últimos anos uma Senescência programada em vários objetos do dia a dia. Nos acostumados a trocar de celular de 2 em 2 anos. Esse envelhecimento programado parece que chegou as peças de automóveis. Não estou falando do desgaste normal que ocorre com o uso, estou falando de peças que antes duravam 100.000 ou 200.000 km terem que ser trocadas com 40.000km.

Porque falo de Envelhecimento precoce programado no disco de freio do Toyota Corolla?

Tenho um Toyota Corolla comprado em Outubro de 2010/ modelo 2011, XEI. Esse é o meu segundo Toyota Corolla e o carro está com menos de dois anos de uso. Semana passada levei o carro na Concessionária Interjapan ( Concessionária Toyota de Botafogo no Rio de Janeiro) reclamei que o freio trazerio direito estava assoviando e para minha surpresa foi constatado que ALÉM AS PASTILHAS os 4 DISCOS DE FREIO estavam gastos. A surpresa veio com o diagnóstico final: todos os 4 discos de freio estavam com um sulco de mais de 2 mm e precisam ser substituídos! Difícil foi ouvir o orçamento R$2200,00 para trocar os 4 discos e as pastilhas de freio que somados aos R$ 865,00 do custo da revisão de 40.000km fez o gasto subir para mais de R$3000,00.

Por que fiquei surpreso com o desgaste do DISCO DE FREIO com 40.000 Km no Toyota Corolla?
Tive vários outros carros inclusive um outro Toyota Corolla comprado zero em 2005 e o mesmo esta com os discos de freio originais até hoje e o carro esta com mais de 100.000 Km rodados!

Qual o explicação dos mecânicos para esse desgaste?
Na concessionária disseram que era minha culpa, do  meu jeito de dirigir, eu provavelmente andava com o pé no freio o tempo todo. Eu não faço isso, porém vamos considerar essa premissa absurda como verdadeira, nesse caso quem deveria desgastar seria a pastilha de freio e não o disco. Converse com qualquer mecânico ele vai lhe falar sempre a mesma coisa, as pastilhas de freio se desgastam antes do disco do disco de freio E NÃO AO MESMO TEMPO E NÃO COM 40.000, em geral temos que trocar as pastilhas várias vezes antes de trocar um disco de freio.

Se as pastilhas se desgastam antes do disco de freio, porque o disco de freio do Toyota Corolla estão com desgasto tão precoce?
O carro está mais pesado, o carro tem cambio automático e usamos menos o freio motor, essas são explicações possíveis porém não explica o desgaste com 40.000 Km. Uma explicação é a senescência programada, com a troca dos fornecedores de peças a Toyota escolheu um disco de freio " mais mole " o disco de freio é feito com uma liga metálica e dependendo da composição do metal o disco de freio pode ser "mais rígido" e se desgastar menos ou "mais mole" e se desgastar mais precocemente. Algumas mudanças são feitas para para melhorar o desempenho do sistema de freios, porém, dessa vez acho que o Toyota errou na mão, o freio funciona bem, porém, se desgasta muito precocemente. Isso não seria um problema se peças de carro e mão de obra em concessionária autorizada não fosse tão caro no Brasil. Porém gastar 2200,00 reais a mais a cada 40.000 km faz pensar que talvez o Corolla não seja mais a melhor opção para os Sedans Médios. 

Usei o SAC da Toyota para reclamar pois acredito que um disco de freio não deve desgastar com 40.000 km, a resposta é que esse foi a diagnóstico da concessionária e que os freios não estão incluídos na garantia!

Considero o problema com o desgaste precoce dos discos de freios um vício redibitório (Problema Oculto) pois não sou o primeiro a passar por esse mesmo problema, encontrei inclusive no reclame aqui outra reclamação exatamente igual.

Acho que o Procon deveria investigar esse problema pois fiquei desconfiado da resposta fornecida pelo SAC da Toyota, a impressão é que foi colocada uma peça que está programada para desgastar precocemente. Essa impressão foi corroborada conversando com os mecânicos da própria concessionária TOYOTA que afirmaram que os carros COROLLA realmente estão trocando os disco de freio com menor quilometragem que antes.

Incorporei o comentário do Waldez Amorim abaixo à postagem:

Caro Dr. Marcos
Estou escrevendo sobre o desgaste das pastilhas do Corolla.
Por favor, envie o seu contato para c_waldez@hotmail.com
Obrigado pela atenção.
Waldez Amorim
Autodefesa
Quatro Rodas

Google+ Followers