Osteomalácia e Osteoporose

O que é a Osteomalácia?A Osteomalácia é a deficiência de mineralização óssea causada pela carência de vitamina D. A carência de vitamina D provoca uma deficiência na mineralização da matriz osteóide do osso cortical e também do osso trabecular com acúmulo do tecido osteóide pouco mineralizado. O osso fica mole e mais frágil. Portanto a osteomalácia é uma deficiência de mineralização do osso.

1) O que é osteoporose ?

R. A Osteoporose é a perda da massa óssea ( perda do cálcio pelo osso) , porém além da perda do cálcio pelo osso também sobre uma transformação estrutural. Essas alterações deixam o osso mais fraco. Esse osso frágil pode sofrer fraturas com pequenos traumas ou até mesmo fraturas espontâneas. As paredes do osso ficam mais finas e a distância entre as trabéculas ósseas aumenta, pense num queijo Minas que se transforma num queijo Suíço. 

Qual a diferença entre a osteoporose e a osteomalácia?
Na osteoporose a mineralização do osso é normal porém a estrutura do osso fica mais frágil devido a perda de cálcio, o osso fica cheio de buracos. No caso da osteomalácia há carência de Vitamina D. A ausência de vitamina D prejudica a deposição de cálcio na matriz osteoide. A matriz osteoide é a matriz óssea antes da deposição do cálcio. O osso produz a matriz porém não consegue mineraliza-la devido a carência de vitamina D o osso com pouca câlcio fica mole.
Na osteoporose o osso fica fraco devido a porosidade causado pela perda de cálcio , na osteomalácia o osso fica mole devido a mineralização deficiente.

Por que ocorre a Osteomalacia?A Osteomalacia ocorre devido a ausência de vitamina D. A principal fonte de vitamina D é a síntese na pele a partir da conversão do 7-dihidrocolesterol, sob a ação dos raios ultravioleta ( SOL ). A dieta e os suplementos alimentares têm maior participação nas pessoas que vivem em países com baixa insolação ou naqueles indivíduos que evitam a exposição ao Sol, Temos visto com frequência no consultório osteomalácia devido a satanização do Sol mesmo em Países com excelente insolação durante todo o ano como o Brasil. 

O paciente pode ter osteoporose e osteomalácia ao mesmo tempo?
Sim, se o paciente evita o consumo de alimentos ricos em cálcio, como por exemplo dietas com restrição aos alimentos lácteos e além disso tem uma preocupação exagerada com a pele e não se expõe ao sol. A presença dessas suas patologias simultaneamente está se tornando muito frequente.

A osteoporose e a osteomalácia acontecem somente em pessoas idosas?
Não, Elas também estão presente nos jovens. Existem hoje estudos que mostram a presença de osteoporose e osteomalácia em mulheres entre os 20 e 30 anos de idade!

O que devemos fazer para prevenir a Osteomalácia e a Osteoporose?
Independente da idade devemos ingerir 3 porções de alimentos lácteos ( leite, queijo , iogurte, ricota, etc ) todos os dias, pacientes com deficiência de lactase podem fazer suplementação dessa enzima ou o uso de probióticos como o Lactobacillus vivos que produzem lactase no intestino delgado e ajudam os pacientes com deficiência de lactose.
Pacientes com intolerância a lactose que repovoam o intestino com lactobacillus vivos muitas vezes passam a digerir a lactose do leite normalmente
Praticas exercícios físicos regularmente deixa os ossos fortes e previne a osteoporose, essa prática de exercícios quando realizada em locais abertos permite que a pele se exponha ao sol e previne o surgimento da osteomalácia.

leia mais sobre osteomalácia

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologia e Medicina do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Atualizado em 22/09/2016

Comentários

Mais Lidos

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Consolidação das Fraturas

Vitamina D Pura DePURA

Lesão Meniscal no Joelho

Cirurgia para tratamento da Fratura de Tornozelo

Frio ou Calor

Fratura de tíbia - Diafisaria

Cisto de Baker no Joelho

Entorse do Tornozelo

Bula do Addera D3

Minha foto
MARCOS BRITTO DA SILVA
Brazil
- Médico Ortopedista Especialista em Traumatologia e Medicina Esportiva - Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Pró-Cardíaco, - Professor Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, - Membro Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte | SBMEE, Médico do HUCFF-UFRJ, - International Affiliate Member of the AAOS - American Academy of Orthopaedic Surgeons - Membro da Câmara Técnica de Ortopedia e Traumatologia do CREMERJ, - Especialista em Cirurgia do Membro Superior pela Clinique Juvenet - Paris, - Professor da pós Graduação em Medicina do Instituto Carlos Chagas, - Professor Coordenador da Liga de Ortopedia e Medicina Esportiva dos alunos de Medicina da UFRJ, - Membro Titular da SBOT - ( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), - Membro Titular da SBTO - ( Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico), - Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ - Internacional Member AO ALUMNI Association, - Internacional Member: The Fédération Internationale de Médecine du Sport,(FIMS)/International Federation of Sports Medicine (http://www.fims.org),