Osteomalacia, Vitamina D e Fragilidade Óssea

Paciente executiva, 55 anos, esportista. Corredora de pequenas e médias distâncias. Correu 6 meias maratonas, tem também uma dieta equilibrada. Por ter uma pele muito branca o dermatologista orientou a não tomar sol devido aos riscos de câncer de pele, essa orientação ela segue a risca, sempre usa uniformes completos com calça e blusa de manga longa de Dryfit que permitem a transpiração, protetores solares e sempre corre no final da tarde ou de manhã bem cedo. 

Apesar de toda essa atividade a paciente tropeçou e sofreu uma fratura de fêmur. Um trauma relativamente pequeno para a gravidade da fratura. Na Avaliação após a cirurgia descobriu-se que a paciente tinha deficiência de vitamina D, com dosagem menores que 10 ng/dl e um osso mais fraco devido a Osteomalácia.

O que é a Osteomalácia?
A Osteomalácia é a deficiência de mineralização óssea causada pela carência de vitamina D. A carência de vitamina D provoca uma deficiência na mineralização da matriz osteóide do osso cortical e também do osso trabecular, com acúmulo do tecido osteóide pouco mineralizado.

Por que ocorre a Osteomalacia?
A osteomalácia pode ser definida como osso mole, pouco mineralizado. A Osteomalacia ocorre devido a carência de vitamina D. A principal fonte de vitamina D é o SOL. A síntese de vitamina D no organismo ocorre na pele a partir da exposição ao SOL. Sob a ação dos raios ultravioleta ocorre a conversão do 7-dihidrocolesterol em vitamina DA dieta têm maior participação nas pessoas que vivem em países com baixa insolação ou naqueles que evitam a exposição ao Sol, mesmo em Países com excelente insolação durante todo o ano como o Brasil pode ser necessário suplementação oral.


Outras causas

Mais raramente vemos Síndromes de má absorção, metabolismo anormal da vitamina D nas Hepatopatias crônicas e Insuficiência renal crônica, uso crônico de anticonvulsivantes (fenobarbital e Hidantoína), Fatores Genéticas, Deficiência do Fosfato devido a perda renal nas tubulopatias e Síndrome de Fanconi e também com o uso continuado de medicamentos antiácidos (hidróxido de alumínio).

A deficiência de vitamina D é frequente?
Nos últimos anos a deficiência de vitamina D virou uma epidemia! 
O Sol, que é fundamental para uma vida saudável, foi satanizado como causador de envelhecimento da pele e provocar de câncer de pele. 
Nos dias de hoje a estética é mais importante que a função. Em dosagem hormonais rotineiras no consultório quase 40% dos pacientes apresentam algum grau de deficiência de vitamina D! 
Infelizmente esses dados não tem significância estatística para extrapolação para toda a população, porém, eu me arrisco a dizer que a deficiência de vitamina D no Brasil é mais prevalente que o Diabetes Mellitus .

A vitamina D provoca outros problemas além da deficiência da Mineralização Óssea?
Sim, A deficiência de vitamina D tem sido implicada em síndromes metabólicas e obesidade, diabetes mellitus, doença cardiovascular, hipertensão arterial, fraqueza muscular, dor generalizada, disfunção imunológica, perda de equilíbrio e aparecimento de determinadas formas de neoplasia

Como ficou a paciente que teve fratura de fémur?
Felizmente, a cirurgia ortopédica restaurou a mobilidade. A paciente aprendeu que a gravidade de sua fratura tinha sido causada por uma deficiência de vitamina D. Embora muitas pessoas estejam conscientes da relação entre cálcio e osteoporose, poucas pessoas estão conscientes de que a vitamina D é tão necessário para a saúde óssea quanto o cálcio e a prática regular de exercícios. Sem vitamina D o cálcio não pode ser absorvido pelo intestino. Baixos níveis de vitamina D estão associados com risco aumentado de osteoporose, Osteomalácia, Perda óssea e Fraturas.

Não pegar sol pode provocar uma fratura?
Sim. a longo prazo o osso fica mole e mais fraco e pode quebrar com traumas pequenos ou até mesmo espontaneamente.

Embora a luz solar seja uma fonte primária de vitamina D, a capacidade de processá-lo através da pele diminui com o envelhecimento. Estudos Americanos estimam que 70 por cento das mulheres entre as idades 51 e 70 anos e 90 por cento das mulheres com mais de 70 anos de idade, não apresentem níveis adequados de vitamina D no sangue. Embora a vitamina D também possa ser obtida a partir de fontes de alimentos e suplementos, muitas pessoas não estão cientes dos requisitos corretos ou não os seguem.
Para ajudar a evitar a carência endêmica de vitamina D as pessoas precisam ser educadas sobre a importância da exposição ao Sol e do uso de alimentos enriquecidos com vitamina D. A prevenção e a detecção precoce de deficiências de vitamina irá ajudar a evitar fraturas e reduzir os custos de cuidados de saúde com o tratamento de fraturas.



Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologia e Medicina do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Atualizado em 16/04/2015

Leia mais sobre Reposição de vitamina D
Leia mais sobre diferença entre osteoporose e osteomalacia

Comentários

  1. Boa tarde!
    Lendo seu artigo tive uma pequena dúvida: qual a diferença entre osteomalácia e osteoporose?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escrevi um post sobre isso e colei no artigo acima Clique no link no final da postagem

      Excluir
    2. Tenho Osteomalacia e nasci ao pé do mar e fiz toda uma vida de praia e de sol. Que me diz? Sou portuguesa, vou todos os anos ao Brasil por 3 meses, fugindo ao inverno de portugal

      Maria Luísa Adães

      Excluir
    3. quando vier ao Rio de Janeiro traga todos os seus exames, existem outras causas para a Osteomalácia, a vitamina D é um hormônio produzido pela exposição ao Sol. Parando de pegar Sol para de produzir vitamina D. O passado remoto é importante para a massa óssea porém o passado recente é mais importante para a osteomalácia.

      Excluir
  2. tenho 37 anos e tenho carência de vitamina D.. agora no ultimo exame deu 19% sendo que o mínimo é 30% à 60% e sinto dores nas pernas no corpo.. isso pode ser osteoporose ou algo do tipo? obs. quase não tomo sol.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia o Post acima para saber das consequências da baixa vitamina D.

      Excluir
  3. Bom dia. Sou muito branca e sempre fui orientada a não tomar sol. O exercício de força e impacto - crossfit - pode ajudar a evitar a osteoporose? Obrigada

    ResponderExcluir

Postar um comentário

ANTES DE POSTAR SEU COMENTÁRIO Leia SOBRE O BLOG

http://www.marcosbritto.com/p/blog-page.html

Somente os seguidores do Blog poderão postar comentários.
Não realizamos consultas pela internet!

Mais Lidos

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Consolidação das Fraturas

Vitamina D Pura DePURA

Lesão Meniscal no Joelho

Cirurgia para tratamento da Fratura de Tornozelo

Frio ou Calor

Postagens mais visitadas deste blog

Quanto Custa Uma Cirurgia?

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Entorse do Tornozelo

Fratura do Antebraço

Fratura de tíbia - Diafisaria

Consolidação das Fraturas

Minha foto
MARCOS BRITTO DA SILVA
Brazil
- Médico Ortopedista Especialista em Traumatologia e Medicina Esportiva - Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Pró-Cardíaco, - Professor Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, - Membro Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte | SBMEE, Médico do HUCFF-UFRJ, - International Affiliate Member of the AAOS - American Academy of Orthopaedic Surgeons - Membro da Câmara Técnica de Ortopedia e Traumatologia do CREMERJ, - Especialista em Cirurgia do Membro Superior pela Clinique Juvenet - Paris, - Professor da pós Graduação em Medicina do Instituto Carlos Chagas, - Professor Coordenador da Liga de Ortopedia e Medicina Esportiva dos alunos de Medicina da UFRJ, - Membro Titular da SBOT - ( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), - Membro Titular da SBTO - ( Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico), - Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ - Internacional Member AO ALUMNI Association, - Internacional Member: The Fédération Internationale de Médecine du Sport,(FIMS)/International Federation of Sports Medicine (http://www.fims.org),