medico sem rosto X Um Médico para chamar de seu


#medicosemrosto
Qual o nome do médico que lhe atendeu ?
Não sei.

Quem lhe operou ?
Não sei.

A relação médico paciente não é mais a mesma e esta mudando na velocidade da internet no século 21. Ela deveria estar pautada em três elementos muito simples: Escolher seu médico, diálogo pessoal e a confiança. 

Um impacto profundo nas relações médico paciente está ocorrendo com a emergências das grandes corporações médicas que tentam minimizar a importância do médico e priorizar os processos. Os grandes grupos vendem uma medicina capitalista e estão entregando uma medicina socializada com médicos sem rosto. E mais do que isso em alguns casos limitando o acesso a equipamentos, tecnologia e materiais. 

Com alguma frequência quando o paciente vem para uma segunda opinião no consultório e perguntamos o nome dos médicos anteriores raramente o paciente se recorda. A escolha do médico muitas vezes é feita pelo livro do convênio e pela facilidade em marcar a consulta. O escolha é pela praticidade e não pelo conhecimento do médico.

O médico a cada dia perde autonomia e tem o rosto apagado na fotografia.

Quando um paciente vai ao consultório ele está procurando um médico específico. Quando é atendido por telefone, computador, sistemas automatizados ou outros meios de massa ele procura uma resposta imediata e a preocupação com a qualidade é menor.

Qual a formação e o conhecimento do médico que está lhe atendendo ?
  • Quantos anos estudou medicina ?
  • Qual a formação desse médico? 
  • É um médico estrangeiro: Seu diploma foi revalidado no Brasil ?
  • Ele tem o título de especialista em medicina (RQE)  ?
  • Como foi o atendimento com o seu amigo ?
  • Ele está disponível quando você precisa ?

O que é mais importante o hospital ou o médico ?

Se estivermos falando de hospitais com os equipamentos adequados ao atendimento o diferencial é o médico. 
Os grandes hospitais nas médias e grandes cidades tem hoje na sua maioria os mesmos equipamentos. Nesse contexto o diferencial é o médico que esta atendendo naquela instituição.
As grandes corporações tentam inverter essa equação ao dizer que um hospital é melhor. Isso não é verdade. Paredes não atendem pacientes.

Qual o melhor Hospital ?

O que faz um bom hospital é a equipe que trabalha nele. O atendimento humanizado e a qualidade desse atendimento. Quem proporciona isso não é a instituição e sim os profissionais da área de saúde. Funcionários da limpeza, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, técnicos de radiologia, fisioterapeutas, médicos, recepcionistas, farmacêuticos,  circulantes em sala de cirurgia e todos os demais profissionais dentro do hospital.

Grandes grupos empresariais hoje investem em hospitais. Numa empresa uma das preocupações naturais é a marca. Porém em medicina isso esta em alguns casos sendo feito de modo distorcido. Algumas corporações querem que a marca seja mais importante que o médico.  Essa filosofia cria uma instituição de médicos sem rosto.

Como é a remuneração do médico ao atender pelo convênio ?

O modo de remuneração dos médicos com planos de saúde é estratificado pelo tipo de quarto / enfermaria. Exemplo: se o paciente interna no quarto ele recebe a tabela cheia. Se o paciente interna em enfermaria ele recebe a metade. O médico não pode entregar a metade do atendimento ao paciente, apesar de receber a metade pelo procedimento.
  • Paredes não fazem atendimento e sim profissionais, está na hora do paciente voltar a escolher o médico pelo Nome. 
  • Escolha seu médico, seu médico irá escolher o melhor hospital disponível dentro do seu plano de saúde.
  • Você pode usar a mecanização dos atendimentos com consultas com computadores e a telemedicina por telefone para tratar problemas simples e onde você não tem acesso ao médico, porém na primeira oportunidade procure seu médico.
  • Médico com rosto, um médico para chamar de seu.
  • #DigaNãoAsInstituiçõesComMédicoSemRosto
  • #medicosemrosto
  • #medicoparachamardeseu

Comentários

Mais Lidos

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Consolidação das Fraturas

Vitamina D Pura DePURA

Lesão Meniscal no Joelho

Cirurgia para tratamento da Fratura de Tornozelo

Frio ou Calor

Postagens mais visitadas deste blog

Quanto Custa Uma Cirurgia?

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Entorse do Tornozelo

Fratura do Antebraço

Fratura de tíbia - Diafisaria

Consolidação das Fraturas

Minha foto
MARCOS BRITTO DA SILVA
Brazil
- Médico Ortopedista Especialista em Traumatologia e Medicina Esportiva - Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Pró-Cardíaco, - Professor Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, - Membro Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte | SBMEE, Médico do HUCFF-UFRJ, - International Affiliate Member of the AAOS - American Academy of Orthopaedic Surgeons - Membro da Câmara Técnica de Ortopedia e Traumatologia do CREMERJ, - Especialista em Cirurgia do Membro Superior pela Clinique Juvenet - Paris, - Professor da pós Graduação em Medicina do Instituto Carlos Chagas, - Professor Coordenador da Liga de Ortopedia e Medicina Esportiva dos alunos de Medicina da UFRJ, - Membro Titular da SBOT - ( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), - Membro Titular da SBTO - ( Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico), - Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ - Internacional Member AO ALUMNI Association, - Internacional Member: The Fédération Internationale de Médecine du Sport,(FIMS)/International Federation of Sports Medicine (http://www.fims.org),