Dores do Home Office no Covid 19

Ocorreu aumento das dores músculo esqueléticas com o Home Office ? 

Observamos um aumento das dores músculo esqueléticas em geral com a pandemia de Covid 19. Os pacientes estão se queixando de modo mais intenso de dores musculares, articulares e surgiram novos locais de dor.

Quais as causas do aumento das dores músculo esqueléticas durante a pandemia de covid 19?

Acredito que o aumento das dores músculo esqueléticas estejam relacionadas a 3 fatores.

1- Sedentarismo: O "Fique em Casa" retirou boa parte das atividades físicas, alguns pacientes já saiam pouco de casa. Os velhos ficaram trancados durante meses

2- Erro no gesto esportivo ao acompanhar exercícios pela internet. 

3- Vícios posturais: Para pacientes mais jovens além da diminuição das atividades físicas muito começaram a trabalhar em casa em ambientes improvisados, com cadeiras inadequadas, usando os móveis ou as mesas disponíveis, outras trabalhando sentados no sofa ou na cama, em posição totalmente errada. Após alguns meses a má postura está cobrando seu preço. 

Quais os locais com maiores queixas de dor devido aos vícios posturais relacionados ao Home Office ?

Dores cervicais e cintura escapular, dor na coluna lombar, dor nos cotovelos, dor nos ombros dores nos quadris e dor nos joelhos.

Precisamos fazer algo em relação às dores músculo esqueléticas relacionadas ao Home office?

Sim, Esse é o novo normal, as empresas descobriram que parte da sua estrutura não precisa ser presencial e que alguns funcionários tem maior desempenho trabalhando em home office. 

O home office veio para ficar. 

Provavelmente teremos um modelo misto no futuro. Em algumas empresas o funcionário irá trabalhar parte do tempo da empresa, outros ficarão 100% dentro da empresa e teremos também aqueles com 100% de trabalho em casa. No futuro esse terceiro grupo será muito maior que o que tínhamos há 10 anos atrás. Mesmo após a transformação da pandemia em Endemia de Covid 19. Podemos usar como exemplo o médico. Hoje temos video consulta, o atendimento não presencial médico no passado era inimaginável. Hoje alguns colegas médicos trabalham em casa atendendo ao paciente pelo computador. O que era a realidade somente dos médicos auditores hoje é uma possibilidade para o médico de família. 

 Como prevenir as dores músculo esqueléticas no Home Office?

Inicialmente você deve avaliar seu ambiente de trabalho: 

  • A altura da mesa de trabalho está correta? 
  • A cadeira tem um bom apoio lombar ?
  • Você consegue trabalhar com os cotovelos apoiados ?
  • Você fica com o pescoço pendente para olhar o monitor que está muito baixo?
  • Você precisa elevar o pescoço o tempo todo para olhar o monitor que esta muito alto ?
  • Você usa dois monitores e precisa girar o pescoço muitas vezes?
  • Há espaço abaixo da mesa para esticar as pernas?
  • Você consegue apoiar os pés no chão?
  • Você trabalha com os dois pés abaixo da cadeira?
  • Você trabalha com as pernas cruzadas?
  • Você levanta a cada hora?
Vícios posturais são a maior causa de dores no trabalho, seja o trabalho realizado em casa ou na empresa. 

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologista e Médico do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
atualizado em 13/01/2022

Comentários

Mais Lidos

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Consolidação das Fraturas

Vitamina D Pura DePURA

Lesão Meniscal no Joelho

Cirurgia para tratamento da Fratura de Tornozelo

Frio ou Calor

Postagens mais visitadas deste blog

Quanto Custa Uma Cirurgia?

Entorse do Tornozelo

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Fratura de tíbia - Diafisaria

Fratura do Antebraço

Consolidação das Fraturas

Minha foto
MARCOS BRITTO DA SILVA
Brazil
- Médico Ortopedista Especialista em Traumatologia e Medicina Esportiva - Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Pró-Cardíaco, - Professor Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, - Membro Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte | SBMEE, Médico do HUCFF-UFRJ, - International Affiliate Member of the AAOS - American Academy of Orthopaedic Surgeons - Membro da Câmara Técnica de Ortopedia e Traumatologia do CREMERJ, - Especialista em Cirurgia do Membro Superior pela Clinique Juvenet - Paris, - Professor da pós Graduação em Medicina do Instituto Carlos Chagas, - Professor Coordenador da Liga de Ortopedia e Medicina Esportiva dos alunos de Medicina da UFRJ, - Membro Titular da SBOT - ( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), - Membro Titular da SBTO - ( Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico), - Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ - Internacional Member AO ALUMNI Association, - Internacional Member: The Fédération Internationale de Médecine du Sport,(FIMS)/International Federation of Sports Medicine (http://www.fims.org),