Fratura por Estresse do Sacro

A dor nas costas pode ser uma fratura de estresse no sacro ?

Sim, principalmente em mulheres atletas.

Qual a incidência de fratura por estresse no sacro ?

As fraturas de estresse no sacro são raras porém a incidência aumenta em atletas e mulheres com osteopenia que estão praticando exercícios físicos.
Representa de 1% a 20% das lesões no trauma esportivo e frequentemente estão relacionada à fraqueza ou fadiga da musculatura glútea.

A fratura de estresse no sacro é mais comum em mulheres?

Sim, acomete mais mulheres jovens com alta intensidade de treinos.

Existem fatores predisponentes da fratura de estresse no sacro ?

Sim, com algum frequente encontramos deficiência nutricional e irregularidade no ciclo menstrual. (leia mais sobre síndrome da mulher atleta)  Apesar de menos frequente também foi também descrita em soldados do sexo masculino.

Como é o exame físico do paciente com fratura por estresse no sacro ?

No exame físico encontramos dor à palpação do sacro que piora com os testes provocativos para a articulação sacroilíaca. 

Como realizar o diagnóstico da fratura de estresse no sacro ? 

A RM representa o melhor método de exame complementar para o diagnóstico e a fratura já é visível com 72 horas de evolução.

Como é o tratamento da fratura de estresse no sacro ? 

O tratamento demanda o uso de um par de muletas e/ou repouso com auxílio de cadeira de rodas para proteção de carga no lado acometido até alívio da dor. Que irá depender da fase em que se encontra a fratura. Lesões mais simples podem se curar em 4 semana porém lesões mais graves podem requerer 4 meses de tratamento.

Tratamento fisioterápico da fratura de estresse no sacro.

Após a fase analgésica, iniciamos um  protocolo de reabilitação visando à estabilização da cintura pélvica e da região lombar. 

Quando ocorre o retorno ao esporte do paciente com fratura por estresse no sacro ?

O retorno ao esporte inicialmente inclui atividades de baixo impacto. A prática competitiva é liberada normalmente após 12/16 semanas.

Suplementação de cálcio e vitamina D nas fraturas de sacro. 

Nas mulheres com osteopenia pode ser necessário a suplementação e reposição de cálcio e vitamina D

Ortopedista, Traumatologista e Médico do Esporte
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Atualizado em 19/08/2019

Comentários

Mais Lidos

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Consolidação das Fraturas

Vitamina D Pura DePURA

Lesão Meniscal no Joelho

Cirurgia para tratamento da Fratura de Tornozelo

Frio ou Calor

Postagens mais visitadas deste blog

Quanto Custa Uma Cirurgia?

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Entorse do Tornozelo

Fratura do Antebraço

Fratura de tíbia - Diafisaria

Consolidação das Fraturas

Minha foto
MARCOS BRITTO DA SILVA
Brazil
- Médico Ortopedista Especialista em Traumatologia e Medicina Esportiva - Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Pró-Cardíaco, - Professor Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, - Membro Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte | SBMEE, Médico do HUCFF-UFRJ, - International Affiliate Member of the AAOS - American Academy of Orthopaedic Surgeons - Membro da Câmara Técnica de Ortopedia e Traumatologia do CREMERJ, - Especialista em Cirurgia do Membro Superior pela Clinique Juvenet - Paris, - Professor da pós Graduação em Medicina do Instituto Carlos Chagas, - Professor Coordenador da Liga de Ortopedia e Medicina Esportiva dos alunos de Medicina da UFRJ, - Membro Titular da SBOT - ( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), - Membro Titular da SBTO - ( Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico), - Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ - Internacional Member AO ALUMNI Association, - Internacional Member: The Fédération Internationale de Médecine du Sport,(FIMS)/International Federation of Sports Medicine (http://www.fims.org),