Sindrome do Piriforme

A Síndrome do piriforme é uma dor ciática causada pela compressão do nervo ciático pelo músculo piriforme, tem sido descrita há mais de 70 anos, no entanto, continua a ser controversa.
O que é a síndrome do Piriforme?
A síndrome do piriforme é a compressão do nervo ciático na emergência do nervo na nádega. A compressão do nervo ciático ocorre pelo fato do nervo ficar comprimido dinamicamente pelo músculo piriforme que pinça o nervo durante a contração muscular para rotação externa e extensão do quadril..

Quais os sintomas da Síndrome do Piriforme?
As características mais comuns encontradas são: dor na nádega, dolorimento sobre a incisura isquiática maior, agravamento da dor ao sentar e levantar,  aumento da dor com manobras que aumentam a tensão do músculo piriforme e ciatalgia.

Como diferenciar a origem da dor ciática?
Diferenciar a origem da dor ciática pode ser um desafio, alguns pacientes apresentam protusões discais ou estenose de canal lombar porém a origem da dor na verdade é devido a uma síndrome do piriforme.

Existe relação entre a síndrome do piriforme e malhar em academia?
Sim, principalmente nos homens e mulheres que realizam muitos exercícios para os glúteos, entre eles podemos destacar o chamado quatro apoios, glúteo cabo e exercícios de chute para trás ( em algumas situações em associação com o glúteo cabo), principalmente chutar e ao mesmo tempo rodar a perna para fora.

O trauma pode estar relaciona a síndrome do piriforme?
Sim, o trauma na região glútea pode provocar hematomas ou fibrose na região do piriforme e ser a causa da compressão do nervo ciático.

Quais os principais exame clínicos para diagnosticar a síndrome do piriforme?
  • Freiberg Rotação interna passiva com o MI em extensão reproduz a dor
  • Pace Paciente sentado , abdução contra resistência reproduz a dor
  • Rotação externa Ativa pode reproduzir a dor
  • FAIR Flexão Abdução e Rotação interna ( Internal Rotation ) reproduz a dor
  • Beatty paciente deitado de lado sobre a lado são, abduz ativamente o lado afetado e reproduz a dor. 
  • Manobra de Marcos Britto*
*Eu uso um exame que desenvolvi e é útil nos casos de dúvida, coloco o paciente deitado sobre o lado não afetado e realizo rotação interna com o quadril em várias posições de flexão. Isso aumenta a tensão do piriforme e reproduz a dor na nádega e em alguns casos a ciatalgia. O exame aumenta a sensibilidade pressionando suavemente a região posterior da nádega na região da emergência do nervo ciático entre a Piriforme e o gêmeo superior.

Qual a melhor maneira de prevenir e tratar a síndrome do piriforme?
Individualmente o alongamento dos rotadores internos do quadril provavelmente é a melhor maneira de prevenir a síndrome do piriforme. A compressão da nervo ciática na síndrome do piriforme é dinâmica, portanto, ao alongar o músculo que "pinça"o nervo diminuímos a tensão sobre o nervo e seguindo esse mesmo princípio podemos tratar a compressão do nervo após a síndrome instalada.

Marcos Britto da Silva
Ortopedia, Traumatologia e Medicina do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ
Publicado em 08/11/2013.

Comentários

  1. meu e-mail: djnight@hotmail.com.br tem varias informacoes muito importantes aqui. eu gostaria de tirar uma duvida o senhor dr poderia me explica uma coisa?eu fiz dois exames de ultrasom dos ombros e deu que eu tinha Bursite e Tendinopatia,depois eu fiz um exame de ressonancia e deu tendinopatia e bursite e um cisto.depois de um ano eu fiz novamente uma ultrasom e deu apenas Bursite e um mes depois fiz uma ressonancia e deu que eu tinha Hipertrofia capsulo-ligamentar e tendinopatia leve/moderada eu nao entendir o esse resultado pois o que eu sei que bursite nao tem cura né ?o senhor poderia me explicar?

    ResponderExcluir
  2. Multiplos exames não resolvem o diagnóstico, quem deve dizer o que você tem é o ortopedista e não o laudo dos exames, o laudo do exame é a interpretação de um radiologista sobre uma imagem, um resultado de exame que não esteja associado a clínica do paciente não é muito valorizado.

    ResponderExcluir
  3. Estou desde janeiro com essa dor, ja fiz fisioterapia, massagem, e infiltração nada cessa a dor, oque posso fazer e quem procurar?

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde Dr. Marcos, meu e-mail é bassin@live.com e gostaria de um telefone de contato para marcar consulta. Obrigada

    ResponderExcluir
  5. Boa noite. Gostaria de agendar uma consulta para a minha esposa,aparentemente ela está com a síndrome piriforme.Meu email. :
    abk1-@hotmail.com. Favor informar tel e endereço. Abraço

    ResponderExcluir

Postar um comentário

ANTES DE POSTAR SEU COMENTÁRIO Leia SOBRE O BLOG

http://www.marcosbritto.com/p/blog-page.html

Somente os seguidores do Blog poderão postar comentários.
Não realizamos consultas pela internet!

Mais Lidos

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Consolidação das Fraturas

Vitamina D Pura DePURA

Lesão Meniscal no Joelho

Cirurgia para tratamento da Fratura de Tornozelo

Frio ou Calor

Postagens mais visitadas deste blog

Quanto Custa Uma Cirurgia?

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Entorse do Tornozelo

Fratura do Antebraço

Fratura de tíbia - Diafisaria

Consolidação das Fraturas

Minha foto
MARCOS BRITTO DA SILVA
Brazil
- Médico Ortopedista Especialista em Traumatologia e Medicina Esportiva - Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Pró-Cardíaco, - Professor Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, - Membro Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte | SBMEE, Médico do HUCFF-UFRJ, - International Affiliate Member of the AAOS - American Academy of Orthopaedic Surgeons - Membro da Câmara Técnica de Ortopedia e Traumatologia do CREMERJ, - Especialista em Cirurgia do Membro Superior pela Clinique Juvenet - Paris, - Professor da pós Graduação em Medicina do Instituto Carlos Chagas, - Professor Coordenador da Liga de Ortopedia e Medicina Esportiva dos alunos de Medicina da UFRJ, - Membro Titular da SBOT - ( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), - Membro Titular da SBTO - ( Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico), - Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ - Internacional Member AO ALUMNI Association, - Internacional Member: The Fédération Internationale de Médecine du Sport,(FIMS)/International Federation of Sports Medicine (http://www.fims.org),