Dr. Marcos Britto da Silva - Ortopedia, Traumatologia e Medicina Esportiva: Medico do Esporte

Medico do Esporte

Dr. Marcos Britto da Silva

O que é o médico do esporte?
R. O médico do esporte é um profissional médico que trata as patologias esportivas, seu diagnóstico, prevenção e tratamento.  No caso dos ortopedistas realizamos o traumatologia desportiva. Porém o medicina do Esporte é na verdade exercida por vários profissionais médicos em sua diversas especialidades.

O médico do esporte é um sempre um ortopedista?
R.  O ortopedista é um dos profissionais mais ligados a medicina esportiva, porém temos outras especialidades médicas ligadas a medicina do esporte. A cardiologia principalmente, na fisiologia do exercício e preparação cardiovascular. Temos também fisiatras, Ginecologistas e até mesmo outras sub-especialidades médicas. Porém, o profissional que cuida diretamente da prevenção e tratamento das lesões nos membros e da coluna vertebral é o ortopedista especialista em medicina esportiva.

Porque precisamos de um médico do esporte?
R. Um atleta com patologias ortopédicas, lesões esportivas, dúvidas em relação a preparação física pode procurar sempre um ortopedista e será bem atendido. Quando ele procura um ortopedista familiarizado com as patologias esportivas, ele está procurando um profissional habituado a ver essas lesões no dia a dia. O atleta apresenta com frequencia lesões por esforço devido a sobrecarga nos treinos, preparação sem orientação e lesões traumáticas durante a prática de esportes

Quais as principais lesões dos atletas?
Em condições de uso contínuo temos uma sobrecarda das articulações, músculos,  tendões e ossos. 
Tendões:O esforço repetido nos tendões leva à tendinites e com o passar do tempo, e principalmente com a falta de alongamento, à tendinose. Músculos fracos também favorecem a lesão nos tendões.
Músculos: Os músculos estão sujeitos a rupturas e estiramento, principalmente quando não estão aquecidos. A falta de alongamento, que leva a encurtamento muscular, também é uma causa frequente de lesão. O Músculo quando submetido a esforço maior ao qual ele foi preparado previamente se estira ou rompe.
Articulações: Nas articulações a principal estrutura em risco é a cartilagem, pois tem uma baixa capacidade de regeneração.  Frequentemente a cartilagem cicatriza com a formação de tecido não especializado (fibrocartilaginoso) com baixa propriedade de absorção de carga. Uma das regiões mais afetadas é a cartilagem da rótula que quando submetida a muita pressão desenvolve condromalácia.
Ossos: Os ossos quando submetidos a sobrecarga reagem com a formação de mais osso.  (Lei de Wolff 1870) O  atleta que pratica esportes com esforço maior num determinado membro apresenta uma maior massa óssea nesse membro em comparação ao membro contralateral. Exemplo o úmero do membro dominante de um jogador de handball apresenta uma maior espessura do osso cortical da diáfise. 
Os problemas no osso aparecem principalmente nos membros inferiores pois as pernas e pés sofrem um esforço muito grande durante a corrida e nos treinos. Em geral esses treinos não são acompanhados por preparadores físicos, isso aumenta a chance do atleta realizar treinos maiores que a sua capacidade. Quando o osso sofre um esforço repetido muito intenso não há tempo para que ele fique mais forte e na verdade ele falha. Essa falha estrutural é a fratura de Estresse (stress Fracture)

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Medico do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
atualizado em 01/06/2010

8 comentários:

  1. DR: Me chamo jeferson e tenho 34 anos estive olhando alguns estudos seus postados na net e acho que somente um especialista como vc pode me ajudar ; estou fazendo um tratamento para gastrite e esofagite de refluxo com o uso de omeprazol sob orientacao de um gastro , tenho sentido muitas dores musculares e nos ligamentos sou esportista e isso vem me atrapalhando muito tendo em vista que antes do tratamento nao tinha essas dores e que a bula do medicamento condiz com esse efeito colateral , passei a usar o pentoprazol gostaria de saber se esse medicamento tambem possui esses mesmos efeitos adversos e se devo tomar algum medicamento para que melhore essa minha situacao atual de dores nos ligamentos e musculos lembrando que nao posso tomar nenhum tipo de anti inflamatorio devido a minha gastrite !Espero que possa me ajudar pois pratico musculacao a anos e tenho como uma filosofia de vida e que me tras muito prazer e nao gostaria de ter que deixar devido a essas dores , o que devo fazer ? muito obrigado pela ajuda !

    ResponderExcluir
  2. Existem vários tratamentos para a gastrite e também outras classes de medicamentos, inclusive antibioticos em alguns casos, sugiro que você converse com seu gastroenterologista. Após o tratamento da gastrite acredito que você conseguirá retornas a academia.

    ResponderExcluir
  3. Doutor, me chamo Jéssica, e sou 3º ano colegial. Pretendo fazer medicina e tenho interesse na área esportiva. Que áreas existem relacionados ao esporte na medicina? Há algum tipo de cirurgião específico? Agradeço desde já.

    ResponderExcluir
  4. Se você quer fazer medicina esportiva sugiro residência em cardiologia, que tem uma abordagem clinica da especialidade ou a ortopedia, que tem uma abordagem cirúrgica.
    Até o final da Sua Faculdade de Medicina você poderá fazer o curso de médico do esporte como residência que provavelmente terá uma abordagem mais clínica que cirúrgica.

    ResponderExcluir
  5. Medicina do Esporte é uma especialidade médica. Não é apenas um médico "familiarizado com esporte

    ResponderExcluir
  6. Sim, a medicina esportiva é uma especialização médica. Porém esse é um canal de comunicação com leigos. Fazendo uma comparação com a Ginecologia eu diria: O ginecologista é um médico que cuida da saúde da mulher, alguns ginecologistas ajudam no nascimento de crianças e nesse caso são chamados de obstetras. Caso eu defina A ginecolgia é uma especialidade médica não esclareci muita coisa.
    Acredito que precisamos melhorar o diálogo com os leigos, tentando colocar de forma mais simples o Javanês.

    ResponderExcluir
  7. EU sofri um acidente numa obra da prefeitura e rompi o TENDAO DE AQUILES da perna direita a 2 meses , ja fiz uma cirurgia e correu tudo bem so que agora o tendao de aquile da outra perna esta doendo . e caso de operar ou so tomar medicamentos basta ,nao ouve lesao so esta doendo .Por favor me ajude obrigado.

    ResponderExcluir

ANTES DE POSTAR SEU COMENTÁRIO Leia SOBRE O BLOG

http://www.marcosbritto.com/p/blog-page.html

Somente os seguidores do Blog poderão postar comentários.
Não realizamos consultas pela internet!

Postagens mais lidas na última semana