Dr. Marcos Britto da Silva - Ortopedia, Traumatologia e Medicina Esportiva: AUTO-ENXERTO DE TENDÃO ISQUIO TIBIAL NA CIRURGIA DE RECONSTRUÇÃO DO LCA

AUTO-ENXERTO DE TENDÃO ISQUIO TIBIAL NA CIRURGIA DE RECONSTRUÇÃO DO LCA

Escolhas cirúrgicas da rupturas do Ligamento Cruzado Anterior

Auto-enxerto de tendão isquiotibial. 

O tendão de isquiotibiais semitendinoso no lado interno do joelho é usado na criação do auto-enxerto de tendão isquiotibial para reconstrução de ACL. Alguns cirurgiões usam um tendão adicional, o gracilis, que está preso abaixo do joelho na mesma área. Isso cria um enxerto de tendão de duas ou quatro vertentes. Os defensores do enxerto de isquiotibiais afirmam que há menos problemas associados à colheita do enxerto em comparação com o auto-enxerto de tendão patelar incluindo:
  • Menos problemas com dor na região do joelho e na rótula após a cirurgia
  • Menos problemas de rigidez pós-operatória
  • Incisão menor e menor sangramento
  • Recuperação mais rápida
  • Auto-enxerto de tendão do isquiotibedo preparado para a reconstrução do LCA.
A função de enxerto pode ser limitada pela força e tipo de fixação nos túneis ósseos, já que o enxerto não tem tampas ósseas. Houve resultados conflitantes em estudos de pesquisa sobre se os enxertos de isquiotibiais são ligeiramente mais suscetíveis ao alongamento do enxerto (alongamento), o que pode levar ao aumento do laxismo durante o teste objetivo. Recentemente, alguns estudos demonstraram diminuição da força do isquiotibiais em pacientes após a cirurgia.

Existem algumas indicações de que os pacientes com relaxamento ligamentar intrínseco e hiperextensão do joelho de 10 graus ou mais podem ter um risco aumentado de laxidade do enxerto do isquiotibial pós-operatório no exame clínico. Portanto, alguns clínicos recomendam o uso de auto-enxertos do tendão patelar nestes pacientes hipermercados.

Além disso, uma vez que os isquiotibiais medianos geralmente fornecem suporte dinâmico contra o estresse e a instabilidade de valgo alguns cirurgiões sentem que a laxidade do ligamento colateral medial crônico ou residual (grau 2 ou mais) no momento da reconstrução do LCA pode ser uma contra-indicação para o uso do semitendinoso do próprio paciente e os tendões gracilis como enxerto LCA .

  1. INTRODUÇÃO
  2. CONSIDERAÇÕES SOBRE O LCA
  3. RESSONÂNCIA PARA AVALIAÇÂO DA RUPTURA DO LCA
  4. ANATOMIA DO LCA
  5. TRATAMENTO SEM CIRURGIA
  6. CONSIDERAÇÕES SOBRE A CIRURGIA
  7. TRATAMENTO CIRÚRGICO DA LESÃO DO LCA
  8. OPÇÕES DE ENXERTO NO LCA
  9. ISQUIOTIBIAIS
  10. TENDÃO PATELAR
  11. QUADRÍCEPS
  12. RX PÓS OPERATÓRIO
  13. COMPLICAÇÕES
  14. DOR NO PÓS OPERATÓRIO DE RECONSTRUÇÃO DO LCA
  15. FISIOTERAPIA PÓS RECONSTRUÇÃO DO LCA
Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologista e Médico do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Atualizado em 07/03/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE POSTAR SEU COMENTÁRIO Leia SOBRE O BLOG

http://www.marcosbritto.com/p/blog-page.html

Somente os seguidores do Blog poderão postar comentários.
Não realizamos consultas pela internet!

Google+ Followers