Dr. Marcos Britto da Silva - Ortopedia, Traumatologia e Medicina Esportiva: Cigarro e Saúde Músculo Esquética

Cigarro e Saúde Músculo Esquética

As lesões pulmonares e cardiovasculares provocadas pelo cigarro são amplamente divulgadas e conhecidas, porém, as lesões ortopédicas do cigarro são raramente discutidas e desconhecidas do público em geral.
O objetivo desse artigo e chamar a atenção dos fumantes e dos fumantes passivos para os riscos do desenvolvimento de lesões músculo esqueléticas relacionadas ao cigarro. 

O cigarro provoca lesões nos ossos e articulações?
Sim, temos diversos trabalhos científicos na literatura que descrevem essas lesões. 

Quais estruturas são lesadas pelo cigarro?
A cigarro está relacionado ao desenvolvimento de osteoporose. Além disso o cigarro atrapalha a consolidação ósseo. O cigarro leva ao retardo e a pseudartrose na fratura. O cigarro age diretamente obstruindo a microcirculação dos tendões. A lesão na microcirculação leva a ruptura e à dificuldade de cicatrização dos ligamentos e dos tendões. Temos trabalhos publicados que mostram essa associação no desenvolvimento das lesões do manguito rotador. Ou seja quem fuma tem maior chance de desenvolver rupturas do manguito rotador e pior prognóstico após a ruptura desses tendões.  

Pacientes com fratura podem fumar?
Não, o cigarro é terminantemente proibido durante o processo de cicatrização da fratura. Quando um fumante quebra um osso não temos como interferir nas lesões causadas na microcirulação durante todos os anos em que o paciente fumou, porém, podemos orientá-lo a parar de fumar durante o período de consolidação óssea. 

O que acorre se o fumante com fratura não quiser parar de fumar?
Se estou tratando um paciente com fratura e ele irá necessitar de cirurgia a conduta é simples: ou ele para de fumar ou ele troca de médico. Não realizo osteossíntese em pacientes fumantes que irão permanecer fumando no pós operatório. 

Quais o riscos do paciente fumante que tem uma fratura?
O paciente fumante evolui com aumento do tempo para colar uma fratura e algumas vezes a fratura simplesmente não cola. Desenvolve o que é denominado pseudartrose ( falsa articulação). Quando a fratura não cola ela recebe esse nome " pseudartrose " pois o membro começa a fazer movimentos anormais numa falsa articulação. 

Porque o fumo está relacionado a tendinopatia do manguito rotador?
O fumo ativo, e também o fumo passivo, leva a alterações da microcirculação sanguínea que proporciona uma maior facilidade para que os tendões inflamem e dificulta a cicatrização dos tecidos tendinosos.  

Como está provado que o cigarro causa danos aos ossos, articulações e tendões?
O estudo sobre os malefícios do fumo e particularmente do cigarro é feito através de estudos observacionais na população fumante. Exemplo: o câncer de Pulmão apresenta uma incidência muito maior em pacientes fumantes. Nem todos os fumantes irão desenvolver câncer de pulmão porém a incidência de câncer é 20 vezes mais frequente nos fumantes quando comparado com a população em geral. Estudos semelhantes são feitos com patologias ortopédicas e os pacientes fumantes tem uma maior dificuldade de cicatrização tecidual, defeito na microcirculação e é um coadjuvante no desenvolvimento da osteoporose. 

De que maneira o fumo atrapalha a cirurgia ortopédica?
Quando operamos um paciente reconstruímos seus tecidos, colocamos os ossos no lugar (quando realizamos uma osteossíntese) e costuramos os tendões e ligamentos. Ao final da cirurgia de inicia o processo de cicatrização dos tecidos. Tanto os tecidos reparados quando  os produzidos pela incisão cirúrgica que o cirurgião fez para chegar até as estruturas lesadas deverão cicatrizar adequadamente. O cigarro atrapalha a cicatrização, portanto, atrapalha diretamente o prognóstico da cirurgia. 

Como ocorrem as lesões provocadas pelo cigarro nos tecidos ósseos e tendinosos?
O mecanismo é o dano a microcirculação. Um tecido com menor aporte sanguíneo devido a problemas na microcirculação tem maior dificuldade de lidar com as reações pós operatórias. 
Exemplo: imagine que os pequenos vasos estejam um pouco entupidos, nessa situação o tecido recebe menos sangue. 
O sangue carreia oxigênio que nutre as células, com pouco oxigênio as células ficam fracas e tem dificuldade para lutar com as bactérias ou seja surge a infecção. 
O sangue leva as células de defesa (os glóbulos brancos) até os tecidos inflamados, se chega menos sangue = menos células de defesa = infecção. 
O sangue nutre os tecidos, tecidos com pouco sangue morrem e tecido morto é caldo de cultura para bactéria = infecção. 
Tecidos com pouco sangue tem dificuldade de produzir novas células = retardo ou não cicatrização dos tecidos = não cicatrização dos tecidos, pseudartrose e rupturas tendinosas.
Para piorar a situação o fumo atrapalha o metabolismo do cálcio e os pacientes fumantes tem uma maior incidência de osteoporose. 
Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologia e Medicina do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ
atualizado em 20/04/2010

28 comentários:

  1. Dr. Marcos Brirto,

    Minha tia está com uma lesão no dedo minimo do pé esquero (osso exposto) ha mais de 7 meses, já passou por varios médicos inclusive ortopedistas e nenhum ate agora resolveui o problema, os dois ultimos sugeriram operar, porém somente particlar e ela não tem recursos para isso. O que estou querendo questionar é que nenhum medico perguntou se ela fumava ou qto tempo. Será que pelo fato dela fumar a mais de 25 anos e não parar de fumar mesmo com esta lesão agravou ou não cicatriza e não vai cicatrizar?

    ResponderExcluir
  2. O cigarro altera a microcirculação e pode atrapalhar a cicatrização, a descrição que você faz me parece um caso grave. Um osso exposto pode levar a infecção grave inclusive com a perda de tecidos devido a necrose e disseminação da infecção, realise o tratamento o mais rápido possível

    ResponderExcluir
  3. Osso exposto é um coisa potencialmente grave, realise o tratamento dessa lesão o mais rapidamente possível. Oriente sua Tia a parar de fumar!

    ResponderExcluir
  4. Doutor já tem trinta dias que fraturei a clavicula, tirei um outro rx hj, e percebi que ainda não começou o calo osseo, e por incrivel que pareça não sinto mais dor no local da fratura, e os movimentos estão normais, aquele espaço que separa o local quebrado vai voltar ao normal com o tempo?
    nome: Carlos idade: 23 anos,cidade: Januaria, minas gerais
    email: carlitos.fernandes@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Uma fratura de clavícula em geral leva mais tempo para colar, se você está vendo uma grande separação entre os ossos a fratura ainda não colocou, acho que você deve procurar o ortopedista e manter o acompanhamento até o final da consolidação ou da liberação pelo seu médico.

    ResponderExcluir
  6. quebrei minha clavicula a dezoito dias e estou mobilizado, gostaria se saber qu tipo de repouso preciso fazer. posso fazer caminhada

    ResponderExcluir
  7. O cigarro atrapalha a consolidação das fraturas, cuidado com a imobilização alguns casos de fratura de clavicula evoluem com pseudartrose ou não consolidação, as imobilizações tipo 8 são difíceis de manter e incômodas.

    ResponderExcluir
  8. Dr.Marcos,fraturei a L2 como ja tinha uma herne de disco, foram colocados dez pinhos e duas haste , desde a L2 ate a L12, a perna esquerda atrofiou o musculo da coxa, quais a minhas chances de recuperação e voltar a trabalhar como policial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A inatividade pode levar a atrofia, porém o ortopedista também irá avaliar eventuais sequelas dessa fratura e da hernia de disco, o cigarro é um fator de não consolidação, você deveria parar de fumar!!!! A fisioterapia sempre ajuda nesses casos.

      Excluir
  9. Dr.Marcos fraturei a falante do dedo a 27 dias fui ao ortopedista e ele colocou apenas uma talá só que até agora não teve nenhuma evolução não seria o caso de uma cirurgia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro pare de fumar, a consolidação clínica na mão em geral ocorre antes da consolidação radiológica.

      Excluir
  10. Oi Dr.Marcos, meu nome é Julia e tenho 10 anos e queria saber como faz para parar com o vicio de fumar, porque minha madrinha ela fuma muito e já tentamos de tudo para que ela pare só que não conseguimos!!!

    Obrigada, espero por respostas!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julia bom dia, parabéns pela pergunta. A única maneira da pessoa parar de fumar é passar a acreditar que o cigarro causa danos a saúde. o ser humano tem a tendência de acreditar que as coisas ruins irão ocorrer com os outros porém não irão ocorrer conosco. As vezes os malefícios do cigarro podem ocorrer com quem fuma. Não ocorre com todos. Ocorre com alguns, funciona como uma roleta russa, um revolver com 1 bala em que você gira o tambor e não sabe em que posição esta a bala. Continuar fumando é arriscar que a bala esteja na agulha e você sofre as conseqüências do tiro.

      Excluir
  11. Dr Marcos , primeiramente parabéns pelo seu blog, na ultima terça feira quebrei meu tornozelo jogando bola, não sou fumante, mas dois dias antes do acontecido tive bastante contato com fumantes durante varias horas. este contato pode ter influenciado na quebra de meu tornozelo? o que posso fazer para me recuperar o mais rápido possivel? desde já agradeço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O efeito do cigarro é cumulativo, Tenha uma boa alimentação e siga as orientações do seu ortopedista.

      Excluir
  12. Olá doutor tudo bom?
    Torci o tornozelo direito jogando futebol mas foi uma torção diferente das normais, torci meu tornozelo para frente senti meus ligamentos esticando mas não sei se romperam andei normalmente fui ao médico depois de 1 semana e talvez isso possa ter me prejudicado e já se passaram mais de 1 mês e até agora não curou porque sinto uma dor no local onde torci e vou fazer uma ressonância magnética para saber o real motivo de ainda estar doendo e saber a gravidade da lesão mesmo sendo depois de mais de 1 mês e queria saber do senhor se posso não me recuperar totalmente desta lesão
    Grande abraço !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim , podemos melhorar e curar da maioria das lesões traumáticas quando seguimos as orientações médicas

      Excluir
  13. Ola doutor, tenho 25 anos e estou gravida de 6 meses, à 16 dias sofri um acidente e fraturei a tibia, porem nao precisou fazer cirurgia, o medico meio q alinhou manualmente enquanto colocava o gesso, nao estou sentindo mais dores, porem estou de repouso e nem levanto da cama conforme orientacao medica, vou ficar 5 semanas com o gesso com a sua experiencia, o senhor acha que em 5 semanas meu osso pode consolidar? Ou demoraria mais?

    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fraturas completas da tíbia não consolidam em 5 semanas nos adultos e o tempo de consolidação é ainda maior nos fumantes, lembrando que o cigarro faz muito mal para o bebê.

      Excluir
  14. Oi doutor, eu tive meu pé esmagado em um acidente, passei por varios procedimentos cirurgicos e fiquei internade 3 meses, durante a internaçao parei de fumar e voltei assim que recebi alta. Um desses procedimentos foi encherto que fiz em março e ate agora nao cicatrizou uma parte que ta com um ossinho exposto. Ja vi que o cigarro esta me atrapalhando, alem disso ainda tenho outra cirurgia ortopédica para fazer, mais o medico só vai fazer quando cicatrizar.

    ResponderExcluir
  15. Quanto tempo leva em média para colar uma vertebra da coluna lombar L1?

    ResponderExcluir
  16. Dr Marcos, vou fazer cirurgia de LCA dia 10/02/16. Fumo a somente dois anos. To muito anciosa com a cirurgia e ta difícil parar de fumar. Se eu parar uns 10 dias antes da cirurgia já faz diferença? Obrigada

    ResponderExcluir
  17. Bom dia De. Marcos. Minha mãe de 73 anos (não fumante)sofreu cirurgia por feature de femur há 1 mes. Está acamada teve trombo e de alta há 1 semana em casa. A cirurgia tá boa mas começou a sentir dor na perna. E normal essa dor? Obs ela tinha hábitos bem sedentários. Qdo tempo demora a recuperação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a dor pode ter várias causas, inclusive a trombose, as reações pós operatórias devem sempre ser informadas ao cirurgião.

      Excluir
  18. Bom dia Doutor, cirurgia de colo e diáfise do fêmur com colocação de de placa e parafuso. A partir de quanto tempo (semanas ou meses) estimular o paciente a ficar de pé no pós cirúrgico sem apoio na perna fraturada? E com apoio?
    O paciente é idoso, 84 anos com histórico de Osteoporose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há um tempo único pré determinado para todos os pacientes. Isso pode ser precoce em ossos de boa qualidade com osteossíntese centro medular estável ou muito longa em pacientes com osteoporose.
      O importante é aguardar as orientações do ortopedista. Caso você assuma a responsabilidade por liberar a carga e ocorrer uma falência de síntese o fisioterapeuta poderia ser o responsável pelo fracasso do tratamento. Pisar antes da hora é uma principais causas de complicação em cirurgia ortopédica. Não assuma essa responsabilidade! Aguarde as orientações do ortopedista que se baseará no tempo, imagem de rx e qualidade do osso encontrada no ato operatório.

      Excluir
  19. Parabéns, muito bem explicado e esclarecido. Gostei!

    ResponderExcluir

ANTES DE POSTAR SEU COMENTÁRIO Leia SOBRE O BLOG

http://www.marcosbritto.com/p/blog-page.html

Somente os seguidores do Blog poderão postar comentários.
Não realizamos consultas pela internet!

Postagens mais lidas na última semana