10 Alimentos Ricos em Vitamina D

A vitamina D é uma hormônio essencial requerido pelo corpo para a absorção do cálcio, o desenvolvimento dos ossos, o controle do crescimento celular, manutenção da função neuromuscular, adequado funcionamento do sistema imunológico e redução da inflamação. A deficiência de vitamina D pode levar ao raquitismo na infância (uma doença em que os ossos não conseguem desenvolver adequadamente) e a Osteomalácia no adulto. Além disso, a níveis inadequados de vitamina D podem levar a um sistema imunitário enfraquecido, aumento do risco de desenvolver Câncer, o diminuição do crescimento e queda de cabelo e osteomalacia, uma condição que leva ao enfraquecimento de músculos e ossos. O atual recomendação dos EUA para a vitamina D é de 600 a 1200 UI (unidades internacionais) e o limiar de toxicidade para a vitamina D é pensado para estar entre  20.000 a 40.000 IU por dia. A vitamina D é solúvel em óleo, o que significa que você precisa comer gordura para absorvê-lo. É naturalmente encontrado principalmente em óleos de peixe, peixes gordurosos, e em menor medida, em fígado bovino, queijo, gema de ovo e certos cogumelos. A vitamina D também é feita naturalmente pelo seu corpo quando você expõe sua pele ao sol e portanto é chamada de vitamina do sol. Além disso a vitamina D é amplamente adicionado a muitos alimentos, tais como leite e suco de laranja ( nos Estados Unidos e Europa e um pouco menos no Brasil) e pode também simplesmente ser consumido como um suplemento. Abaixo está uma lista de alimentos ricos em vitamina D.


1: Óleo de Fígado de Bacalhau

Óleo de fígado de bacalhau tem sido um suplemento popular por muitos anos e, naturalmente, contém altos níveis de vitamina A e vitamina D. O óleo de fígado de bacalhau proporciona tem uma concentração variada de vitamina D e você deve verificar a formula antes de comprar.

2: Peixe
Vários tipos de peixe são ricos em vitamina D. Normalmente peixe cru contém mais vitamina D do que cozidos e os peixes gordos contém mais vitamina D que os peixes magros. Além disso, as conservas de peixe em óleo terá mais vitamina D do que os enlatados na água. Peixe cru é normalmente ingerido na forma de sushi e sashime. Arenque fornece a maior parte da vitamina D com 1628IU (1667% VD) por 100 gramas , 2996IU (499% VD) 100g de filé.  Salmão enlatado (127% VD), Sardinhas enlatado em óleo (45% VD) e atum enlatado em óleo (39% VD).

3: cereais fortificados
Cereais comerciais são enriquecidos com vitaminas e nutrientes essenciais. Tenha cuidado e verifique os rótulos dos alimentos ao comprar cereais, certifique-se de escolher os produtos que têm pouco ou nenhum açúcar refinado e óleos parcialmente hidrogenados! Cereais enriquecidos pode fornecer até 342IU (57% VD) por 100 gramas porção (aproximadamente 2 xícaras), e ainda mais se combinado com laticínios fortificados ou leite de soja fortificado. Produtos variam muito por isso não deixe de verificar o rótulo nutricional antes de comprar.

4: Ostras
Além da vitamina D, ostras são uma excelente fonte de vitamina B12, zinco, ferro,  manganês, selênio e cobre. Ostras também são ricos em colesterol e devem ser consumidos com moderação por pessoas em situação de risco de doença cardíaca ou acidente vascular cerebral. - Ostras fornecer 320IU (80% VD) por 100 gramas, 269IU (67% VD) em seis ostras médias.

5: Caviar (preto e vermelho)
Caviar é um ingrediente comum em sushi e mais acessível do que as pessoas pensam. Caviar proporciona 232IU (58% VD) de vitamina D por 100 gramas, ou 37.1IU (9% VD) por colher de chá.

6: Produtos de soja fortificado (tofu e leite de soja)
Produtos de soja fortificados são frequentemente enriquecidos com vitamina D e cálcio. Tofu fortificada pode fornecer até 157IU (39% VD) de vitamina D por porção de 100 gramas. Leite de soja fortificado pode fornecer até 49IU (12% VD) de vitamina D por porção 100 gramas, 119IU (30% VD) por xícara. Quantidades de vitamina D variam muito entre os produtos, por isso não deixe de verificar informações nutricionais do teor de vitamina D nos rótulos.

7: Salame, presunto, salsichas 
Presunto, salame e salsichas são uma boa fonte de vitamina B12 e cobre. Infelizmente, eles também são ricos em colesterol e sódio, e assim devem ser limitados nas pessoas em risco de hipertensão, ataque cardíaco e derrame. O Salami fornece 62.0IU (16% VD) de vitamina D por 100 gramas, ou 16.7IU (4% VD)  em 3 fatias. 

8: Produtos lácteos fortificados
Os produtos lácteos já são ricos em cálcio, porém podem receber suplementos de vitamina D. O leite pode fornecer até 52.0IU (13% VD) de vitamina D por porção 100 ml, 127IU (32% VD) por xícara. Queijo pode fornecer até 6.6IU (2% DV) em uma polegada cúbica e manteiga fornece 7.8IU (2% DV) em uma única colher. Verifique os rótulos nutricionais para quantidades exatas.

9: Ovos
Além da vitamina D, os ovos são uma boa fonte de vitamina B12 e proteínas. Os ovos fornecem 37.0 IU (9% DV) de vitamina D por 100 gramas, ou 17.0 IU (4% DV) em um ovo frito.

10: Cogumelos
Mais do que apenas um alimento de alta concentração de vitamina D, cogumelos também fornecem vitamina B5 (ácido pantotênico) e cobre. Levemente cozidos os cogumelos brancos fornecem 27.0IU vitamina D com (7% VD) por 100 gramas.

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologia e Medicina do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Atualizado em 14/12/2013

Comentários

Mais Lidos

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Consolidação das Fraturas

Vitamina D Pura DePURA

Lesão Meniscal no Joelho

Cirurgia para tratamento da Fratura de Tornozelo

Frio ou Calor

Postagens mais visitadas deste blog

Quanto Custa Uma Cirurgia?

Compressão do Nervo Ulnar no Cotovelo e Punho

Entorse do Tornozelo

Fratura do Antebraço

Fratura de tíbia - Diafisaria

Consolidação das Fraturas

Minha foto
MARCOS BRITTO DA SILVA
Brazil
- Médico Ortopedista Especialista em Traumatologia e Medicina Esportiva - Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Pró-Cardíaco, - Professor Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, - Membro Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte | SBMEE, Médico do HUCFF-UFRJ, - International Affiliate Member of the AAOS - American Academy of Orthopaedic Surgeons - Membro da Câmara Técnica de Ortopedia e Traumatologia do CREMERJ, - Especialista em Cirurgia do Membro Superior pela Clinique Juvenet - Paris, - Professor da pós Graduação em Medicina do Instituto Carlos Chagas, - Professor Coordenador da Liga de Ortopedia e Medicina Esportiva dos alunos de Medicina da UFRJ, - Membro Titular da SBOT - ( Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia), - Membro Titular da SBTO - ( Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico), - Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ - Internacional Member AO ALUMNI Association, - Internacional Member: The Fédération Internationale de Médecine du Sport,(FIMS)/International Federation of Sports Medicine (http://www.fims.org),

Arquivo

Mostrar mais