Dr. Marcos Britto da Silva - Ortopedia, Traumatologia e Medicina Esportiva: Sindrome da Cauda Equina

Sindrome da Cauda Equina

Síndrome da Cauda Eqüina
Causas
Sintomas
Diagnóstico
Tratamento
A sindrome da cauda eqüina é uma compressão aguda que afeta o conjunto de raízes nervosas (cauda eqüina) na região lombar da medula espinhal e é uma emergência cirúrgica ortopédica.
As raízes nervosas da região lombar enviam e receber mensagens para os órgãos pélvicos e também para os membros inferiores. A Síndrome da cauda eqüina ocorre quando essas raízes nervosas são comprimidas e os nervos ficam paralisados, cortando a sensação e o movimento. nos membros inferiores e orgãos pélvicos. As Raízes nervosas que controlam a função da bexiga e do intestino são especialmente vulneráveis ​​a danos.

Se os pacientes com síndrome da cauda eqüina não recebem tratamento rápido para aliviar a pressão, pode resultar em paralisia permanente, bexiga neurogénica e / ou diminuição do controle intestinal, além de perda da sensação sexual.. Mesmo com tratamento imediato, alguns pacientes podem não recuperar as funções completamente.
Causas
A Síndrome da cauda eqüina pode ser causada por uma hérnia discal, tumor, infecção, fratura, ou estreitamento do canal espinhal. Também pode acontecer por causa de um impacto violento, como num acidente de carro, uma queda de altura significativa, ou um ferimento penetrante, como por uma arma de fogo ou lesão por arma branca. As crianças podem nascer com anomalias que causam síndrome da cauda eqüina. 

Sintomas
Embora o tratamento precoce seja necessário para evitar problemas permanentes, a síndrome da cauda eqüina pode ser difícil de diagnosticar. Os sintomas variam em intensidade e podem evoluir lentamente ao longo do tempo.

Consulte o seu médico ortopedista  imediatamente se os seguintes sintomas surgirem:
* Disfunção na Bexiga  ou intestino, retenção ou incapacidade de reter as fezes e a urina.
* Hipoestesia ou anestesia em sela ( sensação de dormência ou falta de sensibilidade ao redor do anus e na região onde estaríamos sentados numa cela de cavalo)
* Problemas graves ou progressivos nos membros inferiores, incluindo perda ou alteração da sensibilidade nas pernas, sobre as nádegas, a parte interna das coxas e nadegas (área onde o calaleiro senta na sela),  pés ou calcanhares.
* Dor, dormência ou fraqueza que se estende para uma ou ambas as pernas que podem fazer com que você tropeçe ou ter dificuldade em se levantar de uma cadeira.  
.
Diagnóstico por Imagem 
Radiografias, ressonância magnética, tomografia computadorizada podem ajudar a avaliar o problema.
Tratamento 
O paciente com sindrome da lauda equina  pode precisar de cirurgia de urgência para remover o material que está pressionando os nervos. A cirurgia pode evitar que a pressão sobre os nervos chegue ao ponto em que o dano é irreversível. Com um tratamento adequado e rápido pode ocorrer recuperação da função dos nervos e o paciente pode retornar a caminhar e controlar os esfínteres.
Vivendo com Síndrome de Cauda Eqüina
A cirurgia não irá reparar danos permanentes do nervo. Se isso ocorrer como resultado de síndrome da cauda eqüina, o paciente pode aprender como melhorar sua qualidade de vida.

Algumas sugestões:

* Além de pessoal médico, você pode querer obter ajuda de um terapeuta ocupacional, fisioterapeuta, assistente social, especialista em continência urinária ou terapeuta sexual.
* Envolva sua família em seus cuidados.
* Para saber tudo que puder sobre o controle da doença, você pode associar-se a um grupo de apoio a pacientes com sindrome da cauda eqüina.

Bexiga  e função intestinal

Alguns funções da bexiga e da função intestinal são automáticos, mas as partes sob o controle voluntário podem ser perdidos após a síndrome da cauda eqüina. Isto significa que o paciente pode não saber quando irá precisar urinar ou defecar, e / ou  pode não ser capaz de eliminar fezes normalmente.
Algumas recomendações gerais para a gestão da bexiga e disfunção intestinal:
* Esvaziar completamente a bexiga com um cateter de 3 a 4 vezes por dia. Beba muitos líquidos e práticas de higiene pessoal regular para prevenir a infecção do trato urinário.
* Verificar a presença de fezes no reto regularmente e limpar os intestinos com as mãos enluvadas. Você pode querer usar supositórios de glicerina ou enemas para ajudar a esvaziar o intestino. Use almofadas de proteção e calças para evitar vazamentos.

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedia, Traumatologia, Medicina do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
atualizado em 20/05/2014

4 comentários:

  1. Adorei o Texto super Completo e Elucidativo num Universo onde o acidentado do Trabalho que adquiriu bexiga neurogênica e afins não tem muito como passar a ideia de forma clara para outros o texto nos proporcionou esta Facilidade, façam Vídeos e postem no Youtube.com

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde dr Marcos ,gostaria de relatar que tive a síndrome da calda equina ,e perdi os movimentos da cintura pra baixo,devido uma freada ,e na primeira cirurgia fizeram uma descompreçäo ,e em outra cirurgia foi colocada placas e parafusos,e estou ótima ,EU só tenho pouca força ,e näo consigo pegar peso ,o mais estou my bem,quero falar Para o Sr que quem tem ou teve a síndrome da calda equina pode ficar mt bem,e adorei sua explicaçäes sobre ,,,tirou dúvidas ,obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente no meu caso, msm após 11 anos ainda não tive melhora nenhuma,nem na bexiga, nem intestino e nem no movimentos dos pés, tive fratura de 4 Lombar.Mesmo fazendo muita fisioterpia. Tenho 4 parafusos e a 4 vertebra esmagada.A unica parte onde tenho sensibilidade é na frente das coxas, com ajuda de orteses e andador, consigo caminhar.

      Excluir
  3. Doutor gostaria de saber qdo o síndrome do pé caído o calcanhar fica dormência após cirurgia de descompressão da cauda esquina demora muito para retornar a andar?? É se tem recuperação?? Meu irmão passou por essa situação.

    ResponderExcluir

ANTES DE POSTAR SEU COMENTÁRIO Leia SOBRE O BLOG

http://www.marcosbritto.com/p/blog-page.html

Somente os seguidores do Blog poderão postar comentários.
Não realizamos consultas pela internet!

Postagens mais lidas na última semana